Publicidade

Candidatos reclamam do nível das provas do concurso da polícia civil

Para alguns concurseiros, a instituição cometeu muitos erros de ortografia e digitação.

Violência

Violência - Foto: Ilustração

Candidatos que fizeram a prova do concurso da polícia civil do Piauí realizado na manhã de ontem (20) reclamam da organização do Núcleo de Concurso e Promoção de Eventos (NUCEPE). Para alguns concurseiros, a instituição cometeu muitos erros de ortografia e digitação.

O analista de sistema do Tribunal de Justiça, Eduardo Aguiar, está concorrendo a uma das vagas para o cargo de perito criminal em tecnologia da informação e se diz prejudicado.

“ Já fiz várias provas feitas pela NUCEPE,  eles são bastante competentes, mas infelizmente no certame da polícia civil, eles cometeram erros primários de digitação e de ortografia. Havia questões com alternativas de B a F, sendo que o cartão de resposta tinha assertivas da letra A a E.  Só tenho a lamentar todos esses erros, porque isso prejudica quem, como eu estudou para o concurso”, desabafa o analista.

Para Eduardo, as pessoas que não tiveram a mesma preparação serão beneficiadas, pois várias questões devem ser anuladas.

NUCEPE sobre o caso

O presidente da NUCEPE, Jorge Martins, disse em entrevista ao Portal da Clube, que desconhece as reclamações citadas a cima, já que somente nesta terça-feira (22), o núcleo irá divulgar as provas e o gabarito preliminar.

“ O certame foi tranqüilo, apenas 18% das pessoas faltaram ao certame, também não houve nenhum caso de tentativa de fraude. Para que se sentiu prejudicado por alguma questão mal elaborada nossa recomendação é que entre com recurso, assim que o gabarito preliminar seja divulgado”, falou o presidente.

Cerca de 6 400 candidatos concorreram a 109 vagas para reserva para agentes de polícia, técnico e superior, escrivão, peritos criminal, médico, odonto-legal e papiloscopista. Os cargos são de nível médio e superior. Os salários vão de R$ 574,34 a R$ 3.756,60.
O resultado final do concurso deve ser divulgado nos meses de junho, para técnicos, em julho para peritos e em novembro para médico, odonto-legal e papiloscopista.

Fonte: PortaldaClube

Pin It

DEIXE UM COMENTÁRIO


::Mais Notícias de Cotidiano


  • 02/09/2015 - Outubro será o mês mais quente do ano, afirma meteorologista
  • 02/09/2015 - Piauí recebe investimentos de R$ 1,5 bilhão em energia eólica
  • 01/09/2015 - Mais uma loja Dinâmica Confecções é inaugurada em Picos
  • 01/09/2015 - Elenco da Sociedade Esportiva de Picos é apresentado
  • 01/09/2015 - Curso Cavalcante promove 2º Aulão para o Enem 2015
  • 01/09/2015 - Irmão do ex-prefeito Gil Paraibano será sepultado no cemitério do Parque de Exposição
  • 01/09/2015 - Gás de cozinha terá aumento de 15% a partir de terça, diz Petrobras
  • 01/09/2015 - Polícia apreende 30 pedras de crack em residência no bairro São Vicente
  • 01/09/2015 - Governo propõe salário mínimo de R$ 865,50 em 2016
  • 31/08/2015 - Pai da deputada Belê Medeiros morre aos 77 anos em Teresina
  • 31/08/2015 - Curral Novo do Piauí terá maior parque de energia eólica da América Latina
  • 31/08/2015 - Empresário de Alagoinha do Piauí se filia ao PPS de olho na sucessão municipal de 2016
  • 31/08/2015 - Colégio Machado de Assis prestigia a Feira de Arte da Escola Monteiro Lobato
  • 31/08/2015 - Redução na bandeira vermelha nas contas de luz começa a valer em setembro
  • 31/08/2015 - Emater retoma sistemas de dessalinização em Betânia do Piauí
  • 31/08/2015 - TCE fornecerá dados de prefeituras para a polícia combater a corrupção
  • 30/08/2015 - Engenheiro Severo Filho é o novo presidente do PMDB de Picos
  • 30/08/2015 - Multidão prestigia 7ª Caminhada Religiosa do Povoado Torrões
  • 30/08/2015 - Túmulo de idosa é violado e há suspeita de abuso sexual
  • 30/08/2015 - Dia de alerta: 34 crianças morreram vítimas de acidente de trânsito no Piauí

    NOTÍCIAS RELACIONADAS