Como Estudar para o Concurso do Banco do Brasil

Edvarton

Edvarton

Com edital aberto para quinze estados, o concurso do BB é um dos concursos mais procurados pelos “concurseiros”, não apenas pela remuneração total de R$ 2.732,00, além d carga horária de 30 horas semanais e estabilidade, mas também os benefícios. A seleção não definiu o número de vagas, pois é destinada à formação de cadastro de reserva, com isso o Banco convoca de acordo com a necessidade. Aos candidatos que já se dedicavam aos estudos antes do edital, devem ficar atentos às mudanças do conteúdo programático e dar maior atenção a elas, como as disciplinas de conhecimentos bancários e o de informática tiveram muita alteração.

A prova de conhecimentos básicos é composta pelas disciplinas de língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático e atualidades no mercado financeiro, totalizando 30 questões. Já a parte específica da prova, também com 30 questões, será formada por cultura organizacional, técnicas de vendas, atendimento, domínio produtivo da informática e conhecimentos bancários.

Agora é o momento de se dedicar à prova, uma vez que há pouco tempo para muito conteúdo a ser estudado. Como não há diferença nos pesos de cada disciplina e nem de quantidade de questões. Uma boa dica é o candidato se dedicar a duas matérias por dia. Sendo assim, ele pode focar em uma matéria nova e outra que conhece pouco; alternando leitura do conteúdo, resoluções de testes de fixação.

Trago uma boa dica, acessem www.CursoCavalcante.com e façam o download das provas anteriores do Banco do Brasil resolvidas assim como também no mesmo site aconselho que busquem as provas da FCC (Fundação Carlos Chagas), instituição responsável pelo certame, e vejam como a banca cobra alguns assuntos.

Resolvi fazer uma análise detalhada, com ajuda de alguns professores, sobre cada matéria cobrada no Concurso. Fique atento as dicas. Veja!

REDAÇÃO

A prova de redação é solicitada pela primeira vez no concurso do Banco do Brasil, mas a banca organizadora, FCC, possui uma trajetória de provas anteriores. Por isso, além da prática da escrita, também é necessário um trabalho de análise de provas já aplicadas pela instituição.

Antes da etapa anteriormente mencionada, a professora de Redação, Sônia Maria Martins Cassiolato, costuma dizer aos alunos que toda prova de redação começa com a leitura do edital. Após uma leitura atenta o candidato saberá como será avaliado. “Ressalto que a redação é eliminatória, ou seja, o candidato que não atingir metade do total de pontos possíveis estará eliminado do concurso, independentemente da nota que obtiver nas outras provas”, diz.

A professora ainda destaca alguns aspectos do edital do BB. Em primeiro lugar, serão avaliados os critérios: conteúdo (até 40 pontos), estrutura (até 30 pontos) e expressão (até 30 pontos). Em segundo lugar, é preciso verificar no edital os casos que podem gerar nota zero. O edital também deixa evidente que a tipologia textual solicitada será o texto dissertativo-argumentativo.

É importante que o candidato pesquise outras provas avaliadas por essa banca, para que perceba o que é valorizado. “Vale destacar que embora o texto solicitado seja dissertativo-argumentativo, cada banca valoriza aspectos diferentes, por isso a necessidade de um curso de redação voltado para a instituição elaboradora da prova”, comenta.

Sônia ainda explica que no caso da FCC, no tema hipotético “A consciência das diferenças torna possível o respeito aos semelhantes”, não basta fazer uma exposição, é preciso explicar o porquê do ponto de vista e usar dados, citações, exemplos que o comprovem. Isso é argumentação.

Assim, se a leitura é indispensável no atendimento do edital e do comando da prova, ao desenvolver a argumentação ela é imprescindível. Por isso, a professora deixa uma sugestão: “Além das leituras de periódicos, leia também matérias do site do Banco do Brasil, nele há assuntos como meio ambiente, sustentabilidade, projetos da instituição entre outros. É uma forma de obter fundamentação para os argumentos apresentados. De posse das sugestões aqui apresentadas, cabe ao candidato dedicar-se ao treino da escrita”, conclui.

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

PORTUGUÊS

As questões de português são bem elaboradas. Segundo os professores, é importante que os candidatos vejam com mais cuidado alguns conteúdos específicos. Na parte de interpretação de texto, a ênfase geralmente é para sinônimos e antônimos, além de conjunções. A professora Cidinha diz também que é importante o uso do pronome relativo precedido ou não de preposição. Nas questões que envolvem textos, outra dica é é primeiro ler a questão e depois o texto, assim você direciona a leitura.

Em relação à pontuação, segundo ela, é comum que a banca peça emprego de vírgula, isolamento nas interlocuções, o uso de dois-pontos, travessão e uso da crase. Ela indica ainda atenção à dupla possibilidade de concordância e a voz passiva.

RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO

Embora no edital conste o nome raciocínio lógico-matemático, o programa do edital é apenas de matemática, matemática financeira e noções de estatística. Segundo o professor Rafael (do Curso Cavalcante), é provável que seja cobrado nessa parte múltiplos e divisores de números naturais, operações com frações, divisão proporcional, regra de três e porcentagem.

“A Fundação Carlos Chagas prioriza questões interpretativas, o que geralmente exige mais compreensão do texto do que cálculos para a solução das questões” ressalta.

Já em Matemática Financeira, o conteúdo dessa área está menor e de acordo com as exigências do cargo de escriturário. “No campo da financeira, sugiro o candidato enfatizar os tópicos de juros simples e compostos, taxas de juros nominal, efetiva, equivalentes, proporcionais, real e aparente, sistemas de amortização e taxas de retorno”, afirma o professor Rafael.

*(Edvarton Cavalcante, professor do Colégio São Lucas, do Colégio Santa Rita do IMH , Faculdade CETA e Diretor do Curso Cavalcante. Graduando em Matemática pela UFPI.  Aprovado na EsSA, EsPCEX e CAIXA. Apaixonado por concursos e vestibulares).

Siga o colunista: no TWITTER no FACEBOOK

Com informações de www.cursosolon.com.br

 

 

 

Print Friendly

  • Share this post:
  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg

2 Comentário(s)

Deixe seu comentário


Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE