Editoria(s): Geral |Em: 24 de janeiro de 2013 9:38 | Publicado por:

Governo planeja concursos para PM e bombeiros em 2013

Segundo o secretário estadual de Administração, Paulo Ivan, existe a possibilidade de serem anunciados novas seleções públicas para o Estado

O governador Wilson Martins (PSB) já autorizou concurso para gestor público e analista de planejamento e orçamento, com dez e oito vagas para cada cargo, respectivamente. O salário chega a R$ 6 mil. Segundo o secretário estadual de Administração, Paulo Ivan, além desse concurso, ainda existe a possibilidade de serem anunciados novas seleções públicas para o Estado no segundo semestre deste ano.

“Existe possibilidade de serem feitos concursos para as áreas de Polícia Militar e Bombeiros Militares. Na área da Saúde nós temos um concurso ainda em que não foram chamados todos os aprovados, tanto dos profissionais de Saúde de outras áreas como dos próprios médicos”, explicou Paulo Ivan, lembrando que aprovados em concursos na área da Segurança também podem ser chamados.

“Na área de Educação, neste momento, não há necessidade de concurso e na parte da Segurança ainda temos um concurso em aberto com vagas para delegado, escrivão, agentes e quadro administrativo de apoio da Polícia. Então nessas principais áreas já existem concursos em vigência e por isso não devem ser realizados novos certa- mes”, afirmou o secretário.

NOVO MÍNIMO – O novo salário mínimo, segundo Paulo Ivan, já começou a ser implementado na folha de pagamento dos servidores públicos estaduais a partir de janeiro deste ano. O impacto para os cofres do Estado chega a R$ 1,1 milhão por mês. O novo salário mínimo é de R$ 678. O salário, que em 2012 estava em R$ 622, foi reajustado pelo Governo Federal em 9%.

PISO – Sobre o reajuste dos professores estaduais, o secretário conta que o Governo está em negociação com a categoria. Na semana passada, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou um reajuste de 7,97268% do piso salarial de professores do ensino básico da rede pública brasileira, que abrange educação infantil e nível médio.

Com o aumento, o piso salarial para os professores passa de R$ 1.451 para R$ 1.567.

O aumento é concedido com base no percentual de aumento, de 2011 a 2012, do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). “O piso provoca um impacto de R$ 5,4 milhões por mês e há, claro a intenção do governador de cumprir o piso. Estamos negociando com os professores porque eles reivindicam além do piso uma série de outras medidas, como alteração no estatuto dos trabalhadores em educação básica, questões como promoção. Haverá um encontro com os professores na próxima sexta-feira para discutirmos esses pontos”, concluiu. Com informações de Sávia Barreto

Tags:, ,
  • Compartilhe essa notícia:
  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
IMPORTANTE
Todos os comentários postados no RIACHAONET passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O RIACHAONET descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei.

Deixe seu comentário