Publicidade

Prefeito paga salários atrasados da gestão anterior e diz que Geminiano tem dívidas impagáveis

Nos últimos 12 anos, Geminiano foi administrado pelo grupo do ex-prefeito Tony Borges, que saiu derrotado nas últimas eleições

“A realidade é muito mais grave do que se imaginava. Geminiano tem dívidas impagáveis”. A afirmação é do novo prefeito do município, Erculano Carvalho (PP). Segundo ele, as dívidas deixadas pelas gestões anteriores vão comprometer o desenvolvimento do município por décadas. Nos últimos 12 anos, Geminiano foi administrado pelo grupo do ex-prefeito Tony Borges, que saiu derrotado nas últimas eleições.

A maior dívida é trabalhista. Segundo Erculano, o montante chega a 9 milhões reais. O ex-prefeito Tony Borges, na sua primeira gestão – de 2005 a 2008, anulou um concurso público e demitiu vários servidores efetivos. Após sete anos, os servidores ganharam na Justiça o direito de voltarem aos seus respectivos cargos e receberem todos os salários do período em que estiveram afastados.

Prefeito Erculano Carvalho (PP)- Foto: Cidades Na Net

Após o grupo perder as eleições, o ex-prefeito Jader Borges deixou sem pagar os salários dos servidores referente aos meses de novembro, dezembro e parte do 13º salário de 2016. A dívida, segundo Erculano, é de quase 500 mil reais. “É muita injustiça. Essas pessoas trabalharam, prestaram seus serviços ao município, à população, e não receberam por isso, como era de direito”, disse Erculano.

O prefeito informou que já iniciou o pagamento desses salários atrasados. “Nós nos planejamos, conversamos com a classe e chegamos a um acordo. Essa semana nós pagamos o mês de novembro, o 13º que faltava, e vamos parcelar o mês de novembro em oito parcelas. Ninguém vai ficar sem receber”, afirmou Erculano.

Somado ao bom funcionamento dos serviços básicos e essenciais como saúde e educação, o novo prefeito afirmou que o pagamento do funcionalismo em dia será uma marca da sua gestão. “Vamos fazer diferente e valorizar o servidor público. Eles são peças essenciais no funcionamento da máquina pública, são eles que fazem a administração, que levam os serviços públicos até a população, portanto, merecem ser valorizados e respeitados. E isso nós vamos fazer”, pontuou.

Além das dívidas com servidores, Erculano informou que existem muita outras. Com a Eletrobras, por exemplo, a dívida é de R$ 1,4 milhão. “O endividamento é o maior problema do município”, finalizou.

Cidades Na Net 

Pin It

DEIXE UM COMENTÁRIO


::Mais Notícias de Municípios


  • 20/06/2017 - Frentista é morta a facadas em Caldeirão Grande
  • 20/06/2017 - Secretários tem aumento de quase 40% no salário em Pio IX
  • 19/06/2017 - TV Globo mostra o drama da falta de água em Jaicós e Padre Marcos
  • 19/06/2017 - Jovem de Fronteiras é uma das vítimas do acidente com ônibus na BR-135
  • 16/06/2017 - Monsenhor Hipólito: Jovem é morto após tentar apaziguar briga
  • 14/06/2017 - Família de bebê faz campanha para custear cirurgia
  • 14/06/2017 - Polícia prende suspeito de praticar assaltos na zona rural de Pio IX e Alagoinha do Piauí
  • 14/06/2017 - Valença: PRF apreende carga ilegal de fumo avaliada em R$ 12 mil
  • 12/06/2017 - Militar natural de São Julião morre e seis pessoas pessoas ficam feridas em grave acidente no Tocantins
  • 12/06/2017 - Jovens de Alagoinha do Piauí vítimas de acidente na BR 230 seguem internadas
  • 12/06/2017 - Colisão na BR 316 deixa dois mortos em Dom Expedito Lopes
  • 10/06/2017 - Morte de universitária comove a cidade de Alagoinha do Piauí
  • 10/06/2017 - Desnível em rodovia é hipótese para o capotamento do carro que matou a jovem de Alagoinha
  • 10/06/2017 - Grave acidente na BR 230 deixa jovem morta e mais quatro feridos
  • 07/06/2017 - Foragido é preso dentro de ônibus interestadual em Paulistana
  • 06/06/2017 - Açudes da região de Picos têm bombas de captação desligadas
  • 06/06/2017 - Criminosos arrombam Agência dos Correios de São Luís do Piauí
  • 04/06/2017 - Bandidos arrombam agência dos Correios em São José do Piauí
  • 03/06/2017 - Homem morre em acidente de moto em Francisco Santos
  • 03/06/2017 - Itapissuma irá retornar atividades de produção de cimento em Fronteiras