Publicidade

Livro apresenta relatos da política de saúde mental em várias cidades do Piauí

A professora Juliana Maia, da Uespi, é uma das organizadoras da obra.

O livro “A Política de Saúde Mental no Piauí sob a Égide da Raps”, composto por 24 artigos escritos por profissionais de várias áreas da saúde, será lançado no dia 22 de janeiro, às 15h, no Auditório Noé Mendes (CCHL – UFPI). A publicação apresenta relatos da política de saúde mental em várias cidades do Piauí e também atende a uma necessidade de preservação da memória histórica de fatos na construção da Rede de Atenção Psicossocial no Piauí (Raps).

A organização do livro ficou por conta das professoras Sofia Laurentino Barbosa Pereira, Lucia Cristina dos Santos Rosa, Ellayne Karoline Bezerra da Silva e Juliana Barbosa Dias Maia, esta última psicóloga e professora da Uespi de Picos. Segundo Juliana, outro fator que contribuiu para a publicação foi a importância de sistematizar e registrar as experiências de profissionais, gestores, pesquisadores e demais atores sociais que fazem parte dessa história da Raps.

Juliana Maia, psicóloga e professora da Uespi de Picos (Ascom Uespi)

“O objetivo foi reunir análises e relatos de experiência a partir do desenho local da produção da Rede de Atenção Psicossocial (Raps), incluindo o processo de formação profissional e as diversas facetas que enveredam a temática”, relata Juliana.

Os artigos são de pesquisadores, docentes, técnicos e gestores da política de saúde mental piauiense. O livro conta ainda o prefácio de Paulo Amante, um dos pioneiros da reforma psiquiátrica brasileira e referência da política de saúde mental nacional e internacionalmente.

Outra questão levantada por Juliana e discutida no livro é a tentativa por parte de governos de reabrir manicômios.“Nós temos que lutar pela Rede de Saúde Mental, trazendo uma segurança melhor e um apoio a todos que a usam, e não trancar as pessoas como se fossem bichos, como antigamente”, afirma Juliana Maia.

“Nós trabalhamos com uma rede de apoio, descentralizada. Esse usuário chega na atenção básica do Programa Saúde da Família (PSF) e pode ser encaminhada para a urgência enquanto sai daquele surto, e depois vai ter apoio nos Caps, Caps II, Caps AD – se for álcool ou droga, mas tendo uma comunicação entre todos esses mecanismos da rede: atenção básica, atenção especial e atenção psicossocial”, explica a psicóloga.

Para Juliana, o livro serve também como um alerta para a sociedade frente às dificuldades enfrentadas pela rede no estado, tanto que para o lançamento, além dos usuários, também foram convidados outros profissionais e gestores.

A publicação foi financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi) e será distribuída gratuitamente, além de também ir para as bibliotecas virtuais de vários órgãos, como da própria Uespi.

Fonte: CCOM PI 

Pin It

DEIXE UM COMENTÁRIO


::Mais Notícias de Cotidiano


  • 16/02/2018 - Metereologia faz alerta para grandes temporais na região de Picos
  • 16/02/2018 - Criança acha celular que ficou perdido 700m mar adentro
  • 16/02/2018 - Hospital Regional Justino Luz realizou mais de mil atendimentos durante o carnaval
  • 15/02/2018 - Acidente com ônibus da Guanabara deixa mortos e feridos na BR-020
  • 14/02/2018 - PRF registra 27 acidentes e pede prudência na volta do Feriadão de Carnaval
  • 13/02/2018 - Estado prepara novos agentes penitenciários em curso de formação
  • 12/02/2018 - Cadela participa do velório de dona e causa comoção
  • 12/02/2018 - Corpo de jovem é encontrado no Rio Guaribas
  • 11/02/2018 - Grave acidente deixa duas pessoas mortas na BR 316 em Picos
  • 10/02/2018 - Governo divulga calendário dos pontos facultativos de 2018
  • 09/02/2018 - Meteorologia prevê carnaval com chuvas no Piauí
  • 09/02/2018 - Petrobras anuncia redução do preço da gasolina em 3% e do diesel em 2,6%
  • 09/02/2018 - Pneu estoura e carro capota na BR 407 com trabalhadores de Massapê do Piauí
  • 07/02/2018 - Petrobras anuncia terceiro aumento da gasolina em fevereiro
  • 07/02/2018 - Ligações locais e interurbanas de fixo para móvel ficarão mais baratas
  • 07/02/2018 - MP recomenda que prefeituras com atraso em pagamento não apliquem recursos em Carnaval
  • 05/02/2018 - Padre Adalto Filho toma posse em Betânia do Piauí
  • 05/02/2018 - Eletrobras Piauí explica cuidados durante tempestade de raios
  • 05/02/2018 - Wellington Dias autoriza seletivo do Emater com 25 vagas
  • 04/02/2018 - Médico piauiense morre em acidente ao voltar de plantão no Maranhão