ad16
DestaquesIpiranga do PiauíTodas as Notícias

41 famílias são beneficiadas em Ipiranga do Piauí com Cartão Sasc Emergencial

A secretária de Assistência Social de Ipiranga, Iolita Ramos, esteve em Teresina nesta terça-feira (10), onde participou de evento de entrega dos cartões.

A secretária municipal de Assistência Social do município de Ipiranga do Piauí, Iolita Ramos, participou, nesta terça-feira (10), de uma solenidade de entrega dos cartões referentes ao programa estadual Sasc Emergencial. O evento aconteceu no auditório da Secretaria de Administração e Previdência do Piauí – Seadprev.

O objetivo do Cartão Sasc Emergencial é atender cerca de 15 mil famílias em todo o estado piauiense. Em Ipiranga do Piauí, 41 residências serão contempladas com o benefício social de R$ 200,00, durante dois meses.

A escolha dessas famílias foi feita através do Busca Ativa Pro Piauí Social, o qual possui cinco eixos principais: 1) a promoção da segurança alimentar e sanitária para a população socialmente vulnerável; 2) fomentar economicamente pequenos empreendedores ou projetos que possam gerar renda; 3) ampliar a oferta de trabalho; 4) ofertar estágio remunerado, concessão de bolsas de estudo, pesquisa e extensão para estudantes de instituições públicas de ensino; e 5) garantir acesso à documentação para as famílias em situação de vulnerabilidade.

Iolita Ramos explicou para quem serão destinados os cartões do benefício Sasc Emergencial:

“Esses cartões foram criados para as pessoas que estão em extrema pobreza e não possuem Bolsa Família e nem qualquer outra renda. Infelizmente ainda há pessoas assim que nem têm o Bolsa Família e nem estão recebendo esse auxílio emergencial que está sendo entregue na pandemia. O Governo do Estado liberou esse Cartão PRO Social para suprir, então essa necessidade”, disse ela.

A secretária de Assistência Social de Ipiranga do Piauí destacou a importância do município estar sendo contemplado com o programa.

“É de grande importância participar desse momento que abrange os 224 municípios do Piauí. Faz com que nos sintamos úteis ao ajudar essas pessoas, mesmo que indiretamente. Cada município receberá conforme a sua realidade. Já foi feita a triagem de cada cidade dentro do Cadastro Único e identificadas essas pessoas necessitadas. Aqui em Ipiranga temos 41 famílias em extrema pobreza ainda, que não foram beneficiadas com nada. Então, nesse primeiro momento teremos esse benefício por dois meses, e mais à frente virá outro que beneficiará essas pessoas por mais seis meses. É pouco, mas já é uma ajuda”, frisou.

Além da secretária Iolita Ramos, estiveram presentes a assessora da Secretaria de Assistência Social de Ipiranga, Jakeline Borges, e a técnica do Centro de Referência em Assistência Social do município, Ângela Raquel.

A assessora de Ipiranga ressaltou que a escolha das 41 famílias beneficiadas foi feita pelo próprio estado, e não pela prefeitura.

“Vale ressaltar que a seleção foi quem fez o Estado com base nos dados do Cadastro Único. Não foi o município quem selecionou. Esse programa tem como objetivo identificar aquelas pessoas que estão invisíveis na sociedade e, assim, realizar a inclusão social para melhoria da qualidade de vida delas. Daí se vê a importância desse projeto para o município”, finalizou.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade