ad16
ColunasTodas as Notícias

60% da população no Piauí não retorna para tomar segunda dose, alerta epidemiologista

De acordo com a especialista, 60% da população vacinada com a primeira dose não completa o esquema vacinal necessário para garantir a proteção contra formas graves da doença.

A coordenadora de Epidemiologia da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Amélia Costa, citou um dado preocupante sobre a vacinação contra a Covid-19 no Piauí. De acordo com a especialista, 60% da população vacinada com a primeira dose não completa o esquema vacinal necessário para garantir a proteção contra formas graves da doença. A declaração foi dada no momento em que se é discutido a liberação do uso de máscara e é investigado também o aumento de novos casos da doença em 20 cidades piauienses.  As informações são do Cidade Verde.

“Não temos segurança ainda para deixar de usar a máscara […] de primeira dose temos 70% e de segunda dose ou dose única apenas 45%, ou seja, as pessoas estão indo buscar a primeira dose, mas não estão voltando. Fazemos um alerta: por favor, busquem a segunda dose. Temos praticamente de 60% que buscaram a primeira, não fizeram a segunda”, alerta Amélia Costa. 

Foto: Yala Sena
Foto: Yala Sena

Entre as possíveis causas do aumento expressivo de casos de covid em 20 municípios piauienses estão o fluxo migratório, a possível circulação de uma nova variante e a não vacinação em segunda dose. Diante da situação, gestores municipais têm restringido algumas atividades. 

“Vamos continuar usando as máscara, mantendo os cuidados higiênicos, distanciamento. Isso é necessário! se você tem um município em um contexto de alta incidência é uma responsabilidade muito maior não só das autoridades”, destaca a coordenadora em epidemiologia da Sesapi. 

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade