ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralMunicípiosPolíciaSão Luís do PiauíTodas as Notícias

‘A família está chocada’, diz tio de piauiense morto em sequestro em São Paulo

[ad#336×280]O corpo do Edicarlos Santana Araújo, morto após ser sequestrado em São Paulo, na quarta-feira (9), chegou a Teresina por volta das 15h30 desta sexta-feira (10) e seguiu direto para São Luís do Piauí, cidade natal dos pais da vítima. Segundo Joaquim Pinto, tio de Edicarlos, a família e todo o município ficaram chocados com a morte do jovem.

“Está com cerca de 40 dias que ele esteve aqui (em São Luís). Todas as férias dele, ele vinha para a casa do avô. Era um rapaz novo, cheio de vida. A família e toda a cidade ficaram chocadas com a tragédia. É uma perda muito grande para todos nós”, disse.

O velório de Edicarlos está sendo realizado na casa de seu avô, em São Luís do Piauí. O enterro está previsto para a manhã deste sábado (11), no cemitério da família, no povoado Guaribas Velha.

Edcarlos Santana, era maquinista da CPTM, tinha 26 anos
Edcarlos Santana, era maquinista da CPTM, tinha 26 anos

Segundo a Polícia Militar de São Paulo, Edicarlos Santana foi abordado por um homem e dois menores, um rapaz e uma moça, e colocado no porta-malas de seu veículo. Ao passar por um carro da PM na Rua Professor Ariovaldo Silva, Na Vila Leopoldina, Zona Oeste de São Paulo, o trio acelerou e seguiu até a Rodovia Anhanguera. O motorista perdeu o controle do carro, bateu em um poste e invadiu uma transportadora. Santana não resistiu aos ferimentos decorrentes do acidente.

Os pais da vítima são piauienses, mas moram em São Paulo há muitos anos e o próprio Edicarlos nasceu na capital paulista. Ele morava em Osasco e trabalhava há dois anos na Linha 9-Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). De acordo com Joaquim Pinto, partiu dos pais a decisão de enterrar o maquinista no Piauí .

“Eles moram em São Paulo, mas não pensam em terminar os dias por lá. Eles querem se aposentar e voltar para a terra natal. São muito ligados a São Luís do Piauí e todos os anos eles vem para cá, nas férias. Acho que trouxeram Edicarlos para ficar perto de toda a família”, finalizou.

Após o acidente que matou o jovem, os três suspeitos saíram do carro e, segundo a PM, dispararam na direção dos policiais, que revidaram. Uma garota de 15 anos foi baleada e socorrida ao pronto-socorro do Hospital Cachoeirinha. Outro homem de 26 anos e um adolescente de 17 anos foram levados ao 33º Distrito Policial, em Pirituba.

G1 Piauí

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade