ad16
DestaquesGeralPolícia

Acusados de matarem o vereador Titico Barbosa tem nova data para julgamento

[ad#336×280]Depois da tentativa do advogado dos acusados de conseguir o desaforamento do julgamento do processo da Comarca de Picos para a Comarca de Teresina, no dia 14 de novembro de 2014, as câmaras reunidas criminais do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, por unanimidade julgou improcedente o pedido de desaforamento, determinando que o processo continua na Comarca de Picos.

Diante desta decisão, a Juíza de Direito da 5° Vara da Comarca de Picos-PI, Nilcimar Araújo determinou a realização do Julgamento pelo Tribunal do Júri para o próximo dia 12 de fevereiro a partir das 9:00hs. Esse julgamento deve despertar atenção da população de Picos pela repercussão e comoção que casou a morte do vereador.

Em entrevista ao Riachãonet, o advogado criminalista Herval Ribeiro, que atua como assistente de acusação explicou que não havia fundamentação legal, jurídica e ou fática para que  o processo fosse desaforado da Comarca de Picos para Teresina.  “O acordão do Tribunal de Justiça do Piauí, manteve o julgamento na Comarca de Picos, isso não foi nenhuma surpresa, foi somente uma das várias tentativas frustradas do acusados em tentar retardar o Julgamento pelo Tribunal do Júri da Comarca de Picos”, disse Herval Ribeiro.

Herval Ribeiro advogado da viúva Antônia Sousa Andrade
Herval Ribeiro,Advogado e assistente de acusação – Foto: Arquivo

 

O advogado ainda pontuou afirmando que uma crime bárbaro, como foi o praticado contra o vereador Titico Barbosa, assassinado com 15 perfurações, sendo 10 perfurações na parte da frente do corpo (8 tiros e 2 facadas), e mais 05 perfurações nas costas (4 facadas e 01 tiro), nunca será esquecido pela sociedade. Além do mais, ele enfatiza que o conjunto probatório que se mostra robusto e cristalino levará à   condenação dos dois acusados.

 

Acusado do assassinato de Titico
Acusado do assassinato de Titico
Titico Barbosa (PP)-Foto: ASCOM
Titico Barbosa (PP)-Foto: ASCOM

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade