ad16
Geral

Adutora da Pedra Redonda levará água para Queimada Nova, Conceição e Lagoa do Barro

[ad#336×280]As potencialidades hídricas do Estado do Piauí foi tema da XXII Reunião do Conselho Estadual de Recursos Hídricos, realizada nesta sexta-feira (22), Dia Mundial da Água, no Centro de Educação Ambiental da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar). O secretário Dalton Macambira abriu a reunião destacando o empenho do Governo em realizar obras hídricas no Semiárido piauiense, enfatizando a importância das barragens, bem como o projeto de Integração de Bacias e Transposição, integração de sete barragens, com construção de 30 pequenas e médias barragens, com captação de água em Sobradinho.

“Este ano estamos trabalhando o Dia Mundial da Água com o tema Cooperação. Oportunidade em que informamos a todos, que estamos buscando investimentos junto ao Governo Federal para garantir água de boa qualidade para a população do Semiárido piauiense. Desta forma, destacamos projetos já realizados e outros que estão em andamento ou aguardando recursos. Todas as obras têm sua importância para atender a milhares de família”, enfatiza Dalton Macambira.

Adutora levará beneficíos para semiárido - Foto: Reprodução
Adutora levará beneficíos para semiárido – Foto: Reprodução

As obras que o secretário se refere estão relacionadas ao Sistema Adutor do Garrincho, que garante abastecimento para 11 cidades ( São Raimundo Nonato, Cel. José Dias, São Lourenço, Dirceu Arcoverde, Fartura, Bonfim, Várzea Branca, Anísio de Abreu, Jurema, Caracol e São Braz), atendendo 60.000 habitantes; Sistema Adutor de Piaus que tem sua inauguração marcada para o mês de maio, atendendo a cinco cidades (Campo Grande, São Julião, Fronteiras, Campo Sales e Pio IX) e 25.000 habitantes; Sistema adutor de Bocaína/ Piaus II – 7 cidades (Picos, Sussuapara, Bocaína, Alagoinha, Santo Antonio de Lisboa, Francisco Santos, Monsenhor Hipólito) com 116.000 habitantes; Sistema Adutor de Algodões II – 3 cidades (Curimatá, Júlio Borges e Avelino Lopes), com 27.000 habitantes; Sistema adutor de Jenipapo – 1 cidade (São João do Piauí) com 22.700 habitantes; Sistema adutor de Pedra Redonda – 8 cidades (Simplício Mendes, Bela Vista do Piauí, Conceição do Canindê, São Francisco  do Piauí, Campo Alegre do Fidalgo, Capitão Gervásio,  Lagoa do Barro do Piauí e Queimada Nova) com 22.700 habitantes, e Sistema Adutor de Poços, que atenderá 24 mil habitantes em 4 cidades (Rio Grande do Piauí, Flores do Piauí, Pajeu do Piauí e Itaueira).

Durante a reunião, a Semar apresentou sua gestão compartilhada, enfatizando a criação do Comitê da Bacia do Rio Parnaíba e o compromisso da Agência Nacional de Água (ANA), com a criação do comitê, a partir de solicitação do Grupo Pró-Comitê. Dalton Macambira destacou o trabalho que vem sendo feito com o Comitê da Bacia dos Rios Canindé e Piauí, enfatizando a lista dos novos membros do comitê, criado em março de 2009. Outro comitê que está em fase de criação é o da Bacia do Rio Gurguéia, que vai atender a 27 municípios.

Os membros do conselho destacaram o apoio as obras hídricas do Estado do Piauí que deverão garantir maior segurança no fornecimento de água para a região do Semiárido, bem como o desenvolvimento.

Em Parnaíba, a Semar é parceira da Universidade Federal do Piauí (UFPI), no Fórum de Gestão Social da Água em Ilha Grande, com a realização de palestras no período de 21 a 23 de março. A palestra de abertura acontecerá às 18h30, na Câmara Municipal de Ilha Grande e tem como tema a Gestão Social da Água: Presente e futuro.

Fonte: Portal do Governo do Piauí/Ana Célia Aragão

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade