ad16
Cidade

Agentes de Saúde reclamam de sobrecarga de serviço

Agentes Comunitários de Saúde reunidos na Câmara Municipal.
Agentes Comunitários de Saúde reunidos na Câmara Municipal. Foto: Jailson Dias

A Federação Estadual dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate as Endemias do Estado do Piauí realizou na manhã desta terça-feira (23) uma assembleia com a categoria no plenário da Câmara Municipal de Picos, na pauta de debates estavam o trabalho do ACS, piso salarial, formação profissional e a sobrecarga de serviço desses profissionais da Saúde.

A presidente da federação, Silva Lira, declarou que a principal dificuldade enfrentada pela categoria no Piauí é a questão salarial. “Hoje o Ministério da Saúde repassa R$ 750,00 por cada agente de saúde do país e temos essa grande discussão, pois em muitos casos os gestores não repassam um salário digno”, comentou.

Sobre o excesso de trabalho assumido pelos agentes comunitários, Silvana Lira declarou que os Postos de Saúde da Família são compostos por equipes. “Todos os trabalhadores tem de ter uma carga horária de oito horas, mas agente vê que é uma equipe, e tem de fazer a supervisão de área que é o enfermeiro, que em muitos casos não fazem essa supervisão e a comunidade reclama que o agente de saúde não está trabalhando”, protestou.

[ad#ad-3][ad#ad-3]
Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade