ad16
DestaquesTodas as Notícias

Agentes penitenciários suspendem greve após 16 dias de movimento

Após 16 em greve, os agentes penitenciários decidiram suspender o movimento depois que conseguiram negociar com o governo do Estado. O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), José Roberto, informou que a suspensão foi aprovada em assembleia geral. 

A negociação ocorre com intermédio do Tribunal de Justiça do Piauí. “Caso o Governo do Estado não cumpra com o acordo firmado judicialmente os agentes penitenciários não exitarão em retomar o movimento grevista, da próxima vez mais forte e com novas estratégias de luta”, explicou José Roberto. 

Agentes penitenciários durante greve – Foto: Paula Monize

Segundo o presidente, a categoria sempre estará aberta ao diálogo. A paralisação da categoria tem com objetivo conseguir reajuste salarial e melhoria nas condições de trabalho, dentre outros pontos.                

A greve dos agentes penitenciários iniciou no dia 11 de setembro, na qual deixaram de fazer algumas funções dentro do presídio, a que causou mais tumulto foi o impedimento de visitantes com sacolas nas unidades prisionais, o que causou tumulto na Casa de Custódia e motins em Floriano e Parnaíba.

Uma força tarefa com policiais militares foi realizada para garantir a entradas das visitas e dos alimentos, sob protesto dos agentes. “O que não estamos permitindo é a entrada de sacolas. Isto não é direito. É uma regalia.  O Estado está se ajoelhando para reivindicações para o crime”, rebateu o diretor do Sinpoljuspi, Vilobaldo Carvalho.

Cidade Verde 

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade