ad16
GeralMunicípiosSussuaparaTodas as Notícias

Agricultores discutem o resgate da cultura do alho em Sussuapara

Por João Paulo Leal

ASCOM

Em reunião realizada no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Sussuapara (STR), na tarde da última sexta-feira, dia 26, representantes governamentais, técnicos e agricultores discutiram o resgate da cultura do alho naquele município, que em décadas passadas registrou grande produção, através das plantações nas chamadas vazantes, existentes ao longo das margens do rio Guaribas.

A reunião contou com a participação de representantes de diversos órgãos do governo e entidades representativas, como o prefeito de Sussuapara, Edvardo Rocha; o diretor do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), Djalma Policarpo; a diretora do SEBRAE-PI, Ana Meire Dias Bezerra; o chefe do Núcleo de Picos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), José Airton, além do secretário de Políticas Agrícolas da FETAG-PI, Paulo Carvalho, o secretário municipal de Saúde, Naerton Moura, a presidente do STR, Maria dos Anjos, dentre outros.

Agricultores discutem o resgate da cultura do alho em Sussuapara-Foto: João Paulo Leal
Agricultores discutem o resgate da cultura do alho em Sussuapara-Foto: João Paulo Leal

O projeto de revitalização da cultura do alho foi apresentado aos presentes pelo engenheiro agrônomo, Hélio Antônio Silva Rodrigues, que é de Goiânia (GO) e também especialista em melhoramento genético de plantas. Além de defender o resgate dessa cultura, muito promissora em tempos de outrora, ele garantiu que novas técnicas podem ser utilizadas no cultivo, como também a possibilidade de parcerias com as instituições, tanto de apoio técnico-logístico, quanto financeiro.

Agricultores discutem o resgate da cultura do alho em Sussuapara-Foto: João Paulo Leal
Agricultores discutem o resgate da cultura do alho em Sussuapara-Foto: João Paulo Leal

O prefeito Edvardo Rocha acredita ser viável esse projeto. Contudo, ele defende que todos abracem a causa, pois de acordo com o gestor, não basta apenas a boa vontade dos agricultores em plantar o alho, sendo necessários investimentos em assistência técnica, acesso ao crédito e convênios de cooperação, tendo também a participação do poder público e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Prefeito Edvardo Rocha-Foto: João Paulo Leal
Prefeito Edvardo Rocha-Foto: João Paulo Leal
Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade