ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Aldo Gil esclarece sobre vacinação de pessoas após expediente na sede da SMS de Picos

Alguns vídeos circularam pelas redes sociais onde mostravam imagens de pessoas deixando as dependências da Secretaria Municipal de Saúde de Picos, à noite, supostamente após serem vacinadas (contra a Covid).

Alguns vídeos circularam pelas redes sociais e geraram burburinho na sociedade picoense. As imagens mostravam pessoas deixando as dependências da Secretaria Municipal de Saúde de Picos, à noite, nesta quarta-feira (24), supostamente após serem vacinadas (contra a Covid).

A polêmica se alastrou e o secretário de Saúde de Picos, Aldo Gil, manifestou-se através de entrevista cedida à sua assessoria de comunicação. Ele disse o porquê das pessoas terem sido vacinadas.

Secretário de Saúde de Picos, Aldo Gil – Foto: Romário Mendes

“O que ocorre é que essas novas remessas de vacinas que chegam agora são todas multidoses. Então o frasco vem contendo 10 doses. No dia de ontem a vacinação foi de acamados e domiciliados nos interiores. Então, se tiver um número quebrado lá, por exemplo, 133 idosos para serem vacinados, vai sobrar 7 doses em um dos frascos. O frasco, quando abre, só tem 6h pra gente aplicar, pois ele perde a validade. Quando o pessoal voltou à noite da vacinação, nós tínhamos esse frasco sobrando sete doses. Eu tinha duas opções: ou descartava, jogava fora a vacina, e eu acho isso um crime contra a humanidade, ou a gente chamava sete idosos, dentro da faixa etária, para completarmos esse frasco vacinando a remessa”, explicou ele.

Aldo Gil relatou que nenhuma pessoa foi vacinada fora da faixa etária vigente na campanha de vacinação. Ele explicou que elas já estavam cadastradas para serem imunizadas.

“A gente já tinha alguns idosos, dentro da faixa etária atual, cadastrados aqui, que eram aqueles que foram de duas a três vezes nos postos e não conseguiram tomar sua vacina e ontem, com essa sobra de doses, começamos a chamar esse pessoal, pela tardezinha e à noite, para não perder essas doses. Foi isso o que ocorreu”, falou.

O secretário de Saúde afirmou que, caso aconteça de novos frascos não serem aplicados 100%, a ação será repetida, pois o que não se pode fazer é desperdiçar a chance de vida das pessoas.

“Isso pode voltar a ocorrer. O que não pode acontecer, de forma nenhuma, é haver desperdício ou perca de doses. Então, se mais na frente fizermos outra vacinação em um dia de acamados, quando é uma aplicação volante, em que vamos nas casas dos idosos, sempre pode ocorrer de sobrarem doses em frascos. Quando é no local fixo, que o pessoal vai, não tem esse perigo, pois é observado se vai ter gente suficiente para abrir o frasco e aplicar todas as doses”, disse.

Ele enfatizou o esforço da Secretaria de Saúde no combate ao vírus da Covid-19 e agradeceu à equipe que tem se empenhado nessa luta. Pontuou ainda que não descansará até que toda a população seja vacinada.

“Nós estamos determinados a nos entregar de corpo e alma, e de já quero agradecer a toda a equipe de vacinação e todos os técnicos, todo o pessoal envolvido, pois estão trabalhando incansavelmente. De manhã, tarde, noite ou feriado, a vacinação não para. Sexta é feriado e vamos vacinar, pois isso é uma ação humanitária. O remédio contra esse vírus vai ser quando vacinarmos toda a população. Estamos determinados a cumprir essa missão que nos foi dada e pedimos a compreensão da população, pois a vacina vai chegar”, frisou.

“Estou sempre aberto para prestar esclarecimentos à população”, finalizou.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade