ad16
DestaquesEducaçãoTodas as Notícias

Alunos fazem abaixo-assinado pedindo ônibus escolar para não precisarem andar 2 km até escola

Procurado, o prefeito da cidade disse que ainda não teve acesso ao documento e afirmou que o município dispõe de veículos fretados para fazer o transporte. Alunos dizem que serviço não atende todas as turmas.

Alunos de uma escola municipal de São João da Varjota, no Sul do Piauí, organizaram um abaixo-assinado para pedir um ônibus escolar à Prefeitura da cidade. Segundo os estudantes, que moram na zona rural do município, diariamente, eles precisam percorrer a pé dois quilômetros para chegar à instituição. As informações são do G1 Piauí.

Procurado, o prefeito de São João da Varjota, José dos Santos Barbosa (PP), afirmou que ainda não teve acesso ao abaixo-assinado e disse que, apesar do município não possuir recursos para cumprir a demanda de ônibus da comunidade, existem veículos fretados que realizam o transporte escolar na cidade. Confira o posicionamento ao fim da reportagem.

Ao g1, a adolescente Tayná Vieira, de 15 anos, contou que o abaixo-assinado, feito por 14 estudantes do 6º ao 9º ano, foi enviado à Prefeitura, em outubro de 2021, por meio de um representante.

Alunos fazem abaixo-assinado para pedir ônibus escolar à prefeito de São João da Varjota, no Sul do Piauí — Foto: Tayná Vieira
Alunos fazem abaixo-assinado para pedir ônibus escolar à prefeito de São João da Varjota, no Sul do Piauí — Foto: Tayná Vieira

“Estudamos no turno da tarde e temos que sair de casa as 12:30, percorrer um trajeto de aproximadamente dois quilômetros, sob um sol escaldante que nos provoca cansaço, suor, mal – estar e indisposição para desenvolver as atividades escolares”, diz trecho do abaixo-assinado.

Sobre os veículos fretados mencionados pela prefeitura, a estudante afirmou que uma van transporta os alunos da manhã, que estudam na creche e 1º ao 5º ano do ensino fundamental, mas que os estudantes do 6º ao 9º ano não têm essa opção.

Nota da Prefeitura de São João da Varjota

O abaixo assinado ainda não chegou a prefeitura e não temos o conhecimento de tal. No entanto não temos ônibus suficiente para a demanda de toda comunidade, por tanto mantemos os alunos indo à escola através de veículos fretados exclusivamente para essa finalidade, o que acontece com os alunos dessa unidade escolar. A educação não ficará de forma alguma de lado em nossa administração.

*Ilanna Serena, estagiária sob supervisão de Lucas Marreiros.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.