ad16
DestaquesTodas as Notícias

Após chuva, Defesa Civil de Picos monitora áreas de risco

Reunião tratou sobre ações preventivas durante o período chuvoso na cidade.

Após a chuva que caiu na cidade de Picos na tarde dessa quarta-feira (8), a Secretaria de Defesa Civil do município está monitorando as áreas de risco de deslizamentos e alagamentos.

Na manhã desta quinta-feira (9), representantes do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, DNIT, Polícia Militar, 3º BEC, Secretaria de Serviços Públicos, Secretaria de Meio Ambiente e da Secretaria de Obras se reuniram com o prefeito Padre Walmir Lima para tratar sobre ações preventivas durante o período chuvoso na cidade. O encontro foi realizado na Sala de Reuniões do Palácio Coelho Rodrigues.

Secretário de Defesa Civil, Antônio Afonso – Foto: Romário Mendes

O secretário Antônio Afonso informou que até o momento não foi registrado nenhum deslizamento. “Foi uma chuva localizada que teve problemas sérios, assim como acontece em outras cidades. Não tivemos danos maiores, principalmente na áreas de risco como nos bairros Paroquial e Aerolândia”, disse.

O secretário declarou ainda que o trabalho de monitoramento continua com vistorias em locais de risco para população.

Plano de Contingência

Segundo o tenente Rangel do Corpo de Bombeiros de Picos, o Plano de Contingência apresenta as questões das prevenções, que são as visitas técnicas em locais de risco, e também, em um momento de emergências, quais as ações deverão ser feitas pelas instituições responsáveis.

O tenente orienta ainda à população durante as chuvas. “A primeira orientação é evitar sair de casa, mas se tiver fora de casa a orientação é que procure um local seguro e nunca enfrente enxurradas e esses alagamentos”, alertou.

Tenente Rangel do Corpo de Bombeiros – Foto: Jésika Mayara

Pelo menos seis bairros foram atingidos com alagamentos durante a chuva de ontem, dia 8. Duas vias foram interditadas: Rua Monsenhor Hipólito, que já está liberada, e a Estrada de Santos, trecho que liga a rotatória da BR 316 a Igreja do Sagrado Coração de Jesus, que permanece interditada para reparos.

Estrada de Santos com um via interditada – Foto: CCOM

A água invadiu também algumas residências no bairro Belo Norte.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade