ad16
Cidade

Asmotapi anuncia novidades para o segundo semestre

Tom Lopes assumiu a Asmotapi em maio de 2010 - Foto: Maria Moura
Tom Lopes assumiu a Asmotapi em maio de 2010 - Foto: Maria Moura

Da Redação
Maria Moura

O presidente da Associação dos Mototaxistas de Picos (Asmotapi), Thon Lopes, falou em entrevista sobre as mudanças que a entidade vem passando e as perspectivas para o futuro da categoria.

À frente da entidade há pouco mais de um ano, o presidente afirmou que associação está colocando em prática mudanças que darão uma nova cara à entidade, entre elas, os novos coletes utilizados como fardamento pelos mototaxistas de Picos. “Nós estamos tentando mostrar para a sociedade picoense outra roupagem. Os mototaxitas que estiverem com os coletes novos são aqueles que estão com seus impostos em dia”, explicou.

A Asmotapi vai distribuir 150 coletes gratuitamente para os primeiros mototaxistas que se apresentarem à entidade e preencherem a lista. “Eu quero entregar esses coletes no máximo até o dia 1º de setembro para que a gente já desfile com eles”, falou referindo-se ao desfile público do dia 7 de setembro.

A Asmotapi conta atualmente com 566 associados. Para fazer parte desse grupo, é necessário que o profissional tenha no mínimo dois anos de habilitação, faça um curso de direção defensiva e pague uma taxa mensal. “Uma vida é ouro, então você tem que conduzir uma vida como se fosse à tua própria”, falou ressaltando a importância do curso de Motoboy.

A cada cinco anos os profissionais da categoria são obrigados a passar por um processo de reciclagem.

Ainda de acordo com o presidente, as principais reclamações recebidas são direcionadas aos preços cobrados pelos mototaxistas: não existe uma tabela que padronize esses valores. “Os preços variam, mas o Departamento Municipal de Trânsito (DMT) já entrou em contato com a Asmotapi para lançar uma tabela especifica e também o mototaximetro, mas isso é coisa para o futuro”, acrescentou Thon.

Sobre as mudanças que estão por vir, o presidente falou sobre a adesivação das motos, que hoje tem 80% de sua superfície coberta. Para ele, num futuro próximo os veículos deverão ser totalmente pintados para que a caracterização seja completa.

[ad#ad-3][ad#ad-3]
Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade