ad16
DestaquesPolícia

Assaltantes de banco do Bradesco de Parambu são cercados em Pimenteiras

[ad#336×280]Logo após entrar em território piauiense, a quadrilha que assaltou o Bradesco do município de Parambu (CE) ateou fogo no carro de fuga e roubou duas motocicletas, dividindo-se em duplas.

Um desses veículos conseguiu furar o cerco policial e seguir por uma estrada que conduz aos municípios de Picos e São Luís do Piauí, ambos no Piauí. Eles estão em uma motocicleta modelo Bros 150 cilindradas de cor preta. A polícia dessas regiões foi acionada e montou barreiras nas rodovias.

Os outros dois assaltantes foram perseguidos por equipes da PM. A 20 quilômetros da cidade de Pimenteiras eles abandonaram a moto e adentraram a mata que circunda a região. “Esses dois fugiram e estão escondidos no mato. Estamos com 10 homens fechando o cerco”, afirma o tenente Cruz, comandante da Companhia Independente da PM de Pimenteiras.

O dinheiro levado do Bradesco ainda não foi recuperado. Equipes da Polícia Militar do Piauí e Ceará atuam juntas na tentativa de prender os criminosos.

De acordo com o coronel Wágner Torres, comandante do 4º BPM de Picos, suspeita-se que outros três homens participaram da ação criminosa. Entretanto, o paradeiro deles ainda é desconhecido.

ENTENDA O CASO

Um grupo de quatro homens armados assaltou uma agência do Banco Bradesco no município de Parambu (CE) e fugiu com destino ao Piauí. O crime aconteceu por volta das 14h desta sexta-feira (31).

O município cearense fica na divisa com cidades da região Sul do Piauí.

Durante a ação, vidros da agência bancária e um veículo modelo Fiat Uno que estava na rua foram atingidos por tiros. A quadrilha estava armada com escopetas e fuzis.

Segundo informações da Delegacia de Polícia Civil de Parambu, após roubar o banco, os criminosos levaram clientes e três policiais militares como reféns. Eles fugiram em uma viatura policial.

Os reféns foram libertando a cerca de quatro quilômetros da cidade cearense. Logo em seguida, o veículo policial roubado foi abandonado e incendiado.

O bando seguiu em direção ao Piauí. Na comunidade Curral de Pedra, zona rural de Pimenteiras, os criminosos roubaram um carro do vereador Rogério Cardoso. O veículo foi atravessado na estrada e incendiado, bloqueando a passagem e dificultando a perseguição policial.

Na pequena cidade piauiense, o clima é de tensão. Agências bancárias e comércios fecharam as portas temendo a investida dos assaltantes. ”Fechei as portas da minha farmácia e vim para casa. Quando esses bandidos chegam, eles ‘arrastam’ tudo”, comenta o empresário Francisco Teixeira, de Pimenteiras.

De acordo com informações da Delegacia Regional de Valença (PI), a polícia do Piauí foi acionada e montou barreiras na PI-120, rodovia estadual que liga os municípios de Pimenteiras e Valença.

O coronel Lindomar Castilho, comandante de Policiamento no Interior, informou que a Polícia Militar realiza diligências para tentar interceptar os assaltantes. Estão mobilizados os Batalhões da PM de Valença e São Miguel do Tapuio, além da Força Tática da PM de Picos. Cerca de 20 policiais do Piauí participam das buscas aos assaltantes de banco.

Repórter: Valmir Macedo e Rômulo Maia

Portal O DIA

 

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade