ad16
GeralSanto Antônio de Lisboa

Ato cobra Justiça por assassinato de servidora da ADAPI

[ad#336×280]Um ato público marcado para as 9 horas desta sexta-feira pretende chamar atenção das autoridades e cobrar a prisão do assassino da servidora da Agência de Defesa Agropecuária (Adapi), Iones Sousa. A concentração acontece em frente ao Palácio de Karnak e é organizado pela União das Mulheres Piauienses.

Iones Sousa foi assassinada no dia 30 de janeiro com dois tiros na cabeça no município de Santo Antônio de Lisboa. Segundo Helena de Sá, representante da União das Mulheres Piauienses, a sua morte foi motivada por pistolagem e por ela defender o combate a violência das mulheres. O protesto pretende criticar como o Estado trata a violência contra a mulher e também cobrar a punição aos culpados.

Francisca Iones de Sousa-Foto: Arquivo familiar
Francisca Iones de Sousa-Foto: Arquivo familiar

Ela tinha uma filha que era estuprada e espancada aos 12 anos e, mesmo assim acabou casando com o agressor. Para livrar a filha dos abusos ela denunciou o caso ao Ministério Público. “Ione também era ameaçada e já houve tentativa de homicídio por parte do agressor. Isso foi comprovado com exame de corpo de delito”, relatou Helena.

Para a família e para a entidade, o principal suspeito é o ex-companheiro da filha que era estuprada. Em carta protesto, a entidade denuncia que, em Santo Antônio de Lisboa “a politicagem é infiltrada no Judiciário” e que, por conta disso, a Justiça “nunca deu ouvidos ao clamor de Iones por Justiça”. “Ao contrário, ela passou a ser investigada e chegou até mesmo a ser presa, de forma absurda e abusiva”, criticou Helena de Sá.

PortalODia

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Publicidade