ad16
PolíciaTodas as Notícias

Bandidagem aterroriza famílias do bairro São Vicente

[ad#336×280]Umas das áreas consideradas mais problemática pela polícia em Picos é a zona Norte picoense que engloba bairros como Bomba, Morada do Sol, São José e São Vicente. E neste último a ação de criminosos que arrombam e furtam para manter o vício no crack tem assombrado os cidadãos de bem. Indignada uma moradora informou que sua casa, localizada na Rua Bela Vista, no bairro São Vicente, foi alvo de um arrastão na madrugada da última sexta-feira (25).

Em entrevista a Cidade Modelo FM, a dona de casa Maria dos Remédios contou que durante dois dias precisou acompanhar uma nora que estava hospitalizada. Assim, ela acredita que os criminosos adentraram a residência pensando que não havia ninguém na residência, haja vista que o filho da mesma saí para trabalhar por volta das 04h00min. Contudo, Maria dos Remédios conta que estava dormindo quando teve a casa invadida pelo telhado.

Bandidagem mete medo em populares no bairro São Vicente
Bandidagem mete medo em populares no bairro São Vicente

“Por volta de 04h30min, eu passada de sono, quando eu acordei por um individuo dentro da minha casa. Já tinha feito um arrastão no quarto do meu filho, que trabalha de segurança. Já tinha levado tudo do quarto do meu filho,roupa, lençol de cama, toalha, perfume, sabonete, até um óculos de grau que eu recebi essa semana eles iam levando, derrubou na passagem do muro da minha casa para a da vizinha. Eu corri atrás dele e falei é você. Aí chamei o nome dele e disse que era ele. Só que não deu para eu ver que cor era roupa dele, porque eles apagaram as lâmpadas da minha sala […] mas uma hora depois os documentos foram encontrados jogados na área de um vizinho”, relatou a dona de casa.

Maria dos Remédios contou também que durante a fuga parte dos objetos caíram, entre eles roupas, um óculos de grau e uma bolsa contendo vários óculos esportivos. Ela disse ter certeza que o arrombamento seguido de furto foi cometido por “gente da área”. “Eles estavam sabendo que eu estava com minha nora no hospital, meu marido está direto na casa de Doutor Abel, e outro trabalha de segurança”, completou.

A dona de casa finalizou pedindo ao Comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, Tenente-Coronel, Wagner Torres, que o policiamento seja reforçado no local. “Eles [os policias] disseram que não passavam umas cinco vezes porque a rua não tinha saída”.

Fonte: RodeadorNews

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade