ad16
DestaquesGeralMunicípiosTodas as Notícias

Câmara de Picos reúne comerciários e lojistas de Picos para discutir lockdowns e antecipação de feriados

Câmara deve apresentar um projeto de lei que inclua o setor de óticas como serviço essencial.

Na manhã desta quarta-feira, 24, a Câmara Municipal de Picos realizou uma reunião com representantes comerciários e lojistas de Picos, Poder Público Municipal e a OAB, para discutir os futuros lockdowns e antecipações de feriados, buscando alternativas para minimizar os prejuízos dos setores.

Participaram da reunião os vereadores Chaguinha (PTB), Wellington Dantas (PT), Eriberto Barros (PP), Dalva Mocó (PTB), Pedro Pio (PP), Gilson Nunes (PTB), Toinho de Chicá (PP) e Valdivia Santos (PT), Secretário de Saúde Aldo Gil, Vice-prefeita Xandú Neri, Procurador Geral do Município Antônio Júnior, representantes da OAB, do Associação Comercial, Associação dos Micros e Pequenos Empresários (AMIPI), da Câmara de Dirigentes Lojista de Picos (CDL) e do Sindicato dos Comerciários de Picos.

Segundo o presidente da Câmara de Picos, o vereador Francisco das Chagas de Sousa, o Chaguinha (PTB), a reunião foi convocada devido à classe comercial ser a mais afetada.

“Nessa oportunidade, nós tratamos dos futuros lockdowns e das antecipações de feriados aqui na nossa cidade. Como a classe empresarial é a mais afetada em todos os lockdowns e todas as antecipações de feriados, nós resolvemos convocar essas entidades para discutirmos e aqui encontramos algumas alternativas como a da feira livre que normalmente é antecipada para a sexta-feira, ficou acordado de que o Procurador irá falar com o Prefeito para que haja uma mudança, em vez de na sexta-feira, a feira livre do centro continue sendo aos sábados e a feira livre do junco aos domingos” disse.

Ainda segundo Chaguinha, a câmara deve apresentar um projeto de lei que inclua o setor de óticas como serviço essencial.

“Vamos encaminhar a pedido da Associação Comercial e da CDL as lojas de óticas como atividade essencial. Foi aqui questionado como um médico poderia atender sem óculos, como o motorista poderia dirigir sem óculos, então ele precisa de ter essa atividade como essencial. Então havendo esse reconhecimento, já é mais um avanço dentro das atividades essenciais, e também discutimos outros pontos que deixamos aqui a classe empresarial satisfeita dessas discursões e agora vamos aguardar as manifestações do poder público municipal. E a nossa parte aqui enquanto poder legislativo também vamos cuidar para legalizar todas essas ações” finalizou.

A reunião aconteceu na sala da presidência da Câmara Municipal de Picos.

Participaram da reunião os vereadores Chaguinha (PTB), Wellington Dantas (PT), Eriberto Barros (PP), Dalva Mocó (PTB), Pedro Pio (PP), Gilson Nunes (PTB), Toinho de Chicá (PP) e Valdivia Santos (PT), Secretário de Saúde Aldo Gil, Vice-prefeita Xandú Neri, Procurador Geral do Município Antônio Júnior, representantes da OAB, do Associação Comercial, Associação dos Micros e Pequenos Empresários (AMIPI), da Câmara de Dirigentes Lojista de Picos (CDL) e do Sindicato dos Comerciários de Picos.

Ascom

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade