ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Câmara de Picos, Secretaria de Saúde e entidades tratam sobre vacinação da Covid-19

Segundo Chaguinha (PTB), uma das preocupações que foi tratado na reunião é o número insuficiente de vacinas que o município está recebendo.

Nessa segunda-feira, 22, vereadores, secretário de saúde e entidades de classes picoense, realizaram uma reunião na Câmara Municipal de Picos para tratar sobre o andamento da vacinação contra Covid-19 no município.

Segundo o presidente da câmara de vereadores de Picos, Francisco das Chagas de Sousa, o Chaguinha (PTB), uma das preocupações que foi tratado na reunião é o número insuficiente de vacinas que o município está recebendo.

“Uma das nossas preocupações é que há muitos idosos reclamando de que não receberam a vacina e já passaram a faixa etária deles, por exemplo, o pessoal de 80 anos a mais, ou seja, de 80 a 89, ficaram muita gente sem vacinar e já começaram a vacinação de 75 a 79. Então com essa preocupação, tivemos essa reunião e vamos conversar com o ministério público para ver se ele tem condições de determinar que a Secretaria Municipal de Saúde, volte vacinar as pessoas que ficaram sem vacinar. ” disse.

Ainda segundo Chaguinha, a câmara está discutindo a elaboração de uma lei, determinando que o município tenha o livre arbítrio de poder definir quais as faixas etárias deverão vacinar independente do número de vacinas que venha.

“De acordo com informações da própria Secretaria de Saúde, a vacinação não ocorreu porque eles quisessem, mais porque o número de vacinas que vieram foram insuficientes para atender a demanda de Picos. Então com isso nós também estamos discutindo com a nossa comissão de legislação para que a gente possa elaborar uma lei determinando que o município tenha o livre arbítrio de poder definir quais as faixas etárias deverão vacinar independente do número de vacinas que venha. Acreditamos que a partir dessa reunião, a gente possa entrar num denominador comum e fazer com que a população de Picos venha ser vacinada dentro de 100% de cada faixa etária que está pré-determinada” afirmou.

O secretário de saúde Aldo Gil, disse que foi formado uma comissão com as entidades presentes na reunião para acompanhar o planejamento e a execução da vacinação.

“Essa reunião, o propósito maior dela é incluir algumas entidades para ficarem mais a par e por dentro do cronograma, do planejamento e da execução da vacinação contra o covid-19 em Picos, já que é uma vacinação muito complicada, a gente não tem previsibilidade. A gente já fica sabendo quantas doses chegam praticamente no dia, ou no dia anterior que as doses vão chegar, aí a gente não tem tempo de fazer reunião com as enfermeiras, com os grupos de vacinação, é tudo muito corrido, o parâmetro da eficiência da aplicação das doses é realmente a agilidade em que nós aplicamos essas doses e informamos lá no painel epidemiológico. Então por conta dessas complicação de informações é que nós estamos criando uma comissão com representantes de todas as entidades aqui presentes, para poder estarmos fazendo reuniões semanais e estarmos colocando mais transparência nessa vacinação” disse.

Estiveram presentes na reunião, os vereadores Chaguinha (PTB), Dalva Mocó (PTB), Hugo Victor (MDB), Pedro Pio (PP), Filomeno Portela (PP) e Toinho de Chicá (PP), secretário de saúde Aldo Gil, a vice-prefeita Xandú Neri, representantes da Associação Comercial, da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde e do Conselho municipal de saúde. O comitê foi formado com representantes de cada entidade.

Ascom SMS

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade