ad16
GeralMunicípiosSantana do Piauí

Câmara Municipal de Santana do Piauí aprova contas da gestão Valdenilson Dias Borges

Santana do Piauí
Santana do Piauí

Por Jailson Dias

Em sessão extraordinária realizada na manhã desta quinta-feira (12/07) a Câmara Municipal de Santana do Piauí aprovou por maioria absoluta as contas da gestão do prefeito Valdenilson Dias Borges (PMDB) para os anos 2008/2009. Todos os nove vereadores que compõe o poder legislativo municipal marcaram presença, e ao final, por oito votos a um as contas foram aprovadas.

A sessão foi aberta pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Adauto Borges (PSB) que saudou os colegas parlamentares e a população que compareceu em grande número, em seguida o presidente da Comissão de Orçamento e Finanças, vereador Francisco Borges (PSB) fez a leitura do parecer do TCE quanto às contas da administração.

A sessão, realizada atendendo a solicitação do poder executivo, ocorreu dentro do prazo de 20 dias, como prevê o regimento interno da Câmara Municipal. Cada vereador recebeu uma cópia impressa do relatório do TCE e uma cópia em CD constando os autos do parecer. Durante esse tempo os parlamentares poderiam analisar e formular perguntas a Comissão de Orçamento e Finanças, como de fato ocorreu.

De acordo com informações do assessor jurídico da Prefeitura Municipal de Santana do Piauí, advogado Marcos Patrício, é entendimento do STF – Supremo Tribunal Federal, que as contas de uma prefeitura devem ser votadas pelo poder legislativo, cabendo aos vereadores a aprovação ou não das contas municipais.

“Quem julga as contas de um município é a Câmara, o Tribunal de Contas emite um parecer que pode ser aprovado ou rejeitado e a Câmara de Santana, por oito votos a um, votaram favoravelmente as contas da administração”, informou o advogado. Com isso os vereadores aprovaram as contas do prefeito Valdenilson Dias Borges para os anos 2008/2009.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade