ad16
DestaquesTodas as Notícias

Caminhada para celebrar o Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é realizada em Picos

Segundo a Secretária, Wiânika Alencar, esse é um momento de reflexão que começa dentro do ambiente familiar, posto que a família é a base, e precisa dialogar sobre assunto.

A Prefeitura de Picos, em conjunto com a Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social e demais Secretarias que compõem a Administração Municipal, realizaram na manhã desta quarta-feira, 18 de maio, o Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A ação visa conscientizar a sociedade picoense acerca da prevenção a qualquer tipo de violência contra a crianças e adolescentes.

Segundo a Secretária, Wiânika Alencar, esse é um momento de reflexão que começa dentro do ambiente familiar, posto que a família é a base e precisa dialogar sobre assunto.

Secretária de Assistência Social, Wiânika Alencar conduziu a caminhada em alusão ao 18 de maio (Foto: Roberto Oliveira)

“Nós precisamos falar sobre assunto. O cuidado começa dentro de casa. Nós precisamos falar com as crianças de acordo com a idade delas, que eles irão entender. Saber onde é permitido tocar, enfim, tratar do assunto com eles e ouvi-los. Isso começa no lar, dentro de casa. E que esse dia de hoje, não se resuma ao dia 18, que esse dia, seja debatido, conversado todos os dias”, pondera a gestora.

A caminhada em alusão ao dia 18 de maio teve início na Praça da Igrejinha do Sagrado Coração de Jesus, com começo da Avenida Getúlio Vargas, e término na Praça Félix Pacheco. No local, ocorreu uma blitz educativa onde panfletos foram distribuídos a transeuntes e condutores de veículos.

A caminhada percorreu a principal Avenida de Picos, a Getúlio Vargas (Foto: Roberto Oliveira)

No contexto de prevenção e combate ao abuso sexual ou qualquer outro tipo de violência contra a criança e ao adolescente, órgãos governamentais se juntam para atender demandas ocorridas nesse sentido, como é o caso do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), a própria Secretaria do Trabalho e Assistência Social, o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e o Conselho Tutelar.

Assim, a Assistente Social Fernanda Sá, explica que o CREAS é o órgão especializado em atender violências contra a crianças e adolescentes, onde seus direitos sejam violados, oferecendo atendimento adequado e qualificado. A assistente social destaca também que o referido órgão recebe casos de violência relacionados a idosos, assim como, contra a mulher.

“Nós trabalhamos com qualquer tipo de direito violado, seja violência contra a mulher, contra o idoso, a criança e adolescente. No caso de violência sexual contra a criança ou adolescente, fazemos a escuta especializada, enviamos o relatório ao Conselho Tutelar, além do plano de atendimento familiar. Essa escuta especializada objetiva que a criança não venha sobre a revitimização”, comenta Fernanda Sá.

O Conselheiro Tutelar, Jenilson Oliveira, também participou das atividades em alusão ao “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. Ele acrescentou que a data deve ser trabalhada o ano inteiro no seio da sociedade para que a mesma tenha informações necessárias no combate a esse tipo de delito.

“É uma luta que acontece o ano inteiro. É um dia de enfrentamento, de batalha na qual estamos tentando diminuir o número de violência e trazer para a população informações de onde identificar, de como buscar ajuda, de como prosseguir diante de suspeita e confirmação de violência sexual contra criança e adolescente”, pontua o Conselheiro.

Conselheiro Tutelar, Jenilson Oliveira (Foto: Roberto Oliveira)

Na ocasião, participaram da caminhada, representantes de outras Secretárias, como a Secretária de Educação, Noêmia Marques, o Coordenador da Juventude, Direitos Humanos e Diversidade, Matusalém Almeida, Coordenadora do CadÚnico, Núbia Cristina, demais colaboradores da SEMTAS e outras Secretarias.

O dia 18 de maio

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é lembrado neste 18 de maio com diversas ações realizadas do Governo Federal sobre a importância do enfrentamento à violência.

Disque 100

O Disque 100 recebe, analisa e encaminha denúncias de violações de direitos humanos relacionadas aos seguintes grupos e/ou temas: Crianças e adolescentes. Pessoas idosas. Pessoas com deficiência.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.