ad16
DestaquesGeralPolíciaTodas as Notícias

Caminhão de Picos com carga de gás avaliada em 100 mil é roubada no Ceará

Um caminhão Mercedes Benz, modelo Atron 2324, placas PIU 4841-Picos-PI, foi tomado de assalto na CE-292, na Serra de Aratama, altura do município de Assaré. O veículo pertence a um empresário que atua no ramo de venda de gás de cozinha, e seguia de Crato para Picos, com uma carga de 536 botijões P13 e e 10 cilindros de gás industrializado P15, avaliados em 100 mil reais.

De acordo com informações prestadas no boletim policial, o motorista identificado por Valderir dos Santos, de 46 anos, residente em Picos, teria saído da cidade de Crato-CE às 10 horas da sede da empresa que carregou o caminhão no bairro Muriti, com destino à Pìcos, quando às 11 horas  na CE 292 na serra de Aratama, no distrito de mesmo nome foi interceptado por três indivíduos armados, os quais ameaçaram disparos, obrigando o veículo a parar. Os assaltantes colocaram a vítima no banco de trás do veículo que ele identificou como parecido com um Corola branco e ficou em poder da quadrilha por mais de oito horas.

Veículo similar ao tomado de assalto
Veículo similar ao tomado de assalto

Ainda segundo  relatos da vítima, ele ficou em uma floresta em poder dos assaltantes, onde apenas a noite foi lhe dado alimento. Nesse período, percebeu que os assaltantes tinham sotaque regional. Além da carga de botijões de gás, foram levados documentos tanto pessoais quanto do veículo, uma quantia em dinheiro e chips de celular.

Após ser deixado na divisa Ceará/Pernambuco, a vítima caminhou por mais de 30 minutos até o Posto Fiscal Asa Branca no município de Assaré. 

O comerciante José Filho dono da carga e do caminhão disse que nas  últimas semanas, dois comerciantes de gás de cozinha também tiveram os seus caminhões com toda a carga roubada. A carga tinha como destino Oeiras (PÌ) e Fortaleza (CE). Ele acredita que é uma quadrilha organizada para roubar essas mercadorias e revender a baixo custo.

Informações sobre o paradeiro do veículo e da carga podem ser feito às autoridades policiais e também através dos números (89) 99976-3080 , (89) 99421-9048 e (89) 98807-2074

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade