ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Caso Chico Ramos: Acusada de ser a mandante do crime é absolvida

O tribunal do júri que julgava a acusada Antônia Consuelo Rodrigues Ramos, de 37 anos, chegou ao fim com a absolvição da ré. Depois de 12h00, onde testemunhas deram seus depoimentos, realização de interrogatórios e abertura dos debates, a defesa conseguiu absolver a acusada.

Antônia Consuelo estava presa há um ano e cinco meses na Penitenciária Feminina de Picos. A mesma respondia por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e por recurso que impossibilitou a defesa da vítima.  No processo judicial, a ré era apontada como a mandante do assassinato de seu esposo Francisco Osvaldo Ramos da Silva, morto a tiros em outubro de 2014.

O assistente de defesa, Maicon Luz, sempre teve como tese a inocência da ré, e questionava a construção do inquérito policial que segundo ele foi feito de forma tendenciosa.

“Esperamos um ano e cinco meses por esse momento. Hoje é o dia que teremos a oportunidade e a liberdade de mostrar para a sociedade picoense a inocência da senhora Antônia Consuelo. Isso tudo foi fruto de uma armação policial e de um inquérito conduzido de forma maliciosa que a incriminou sem provas”, disse o advogado ainda antes do início do julgamento.

Antônia Consuelo durante todo o julgamento se mostrou emocionada.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade