ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralPolícia

Caso do ex-coordenador do Bolsa Família em Monsehor Hipólito está praticamente elucidado

[ad#336×280]O caso do ex-conselheiro e operador do Bolsa Família David de Andrade, de 40 anos, assassinado na cidade de Monsenhor Hipólito com requintes de crueldade em janeiro deste ano está próximo do seu desfecho. De acordo com informações do delegado regional de Picos, Gilberto Franklin, já foi pedida a prisão preventiva do principal acusado, mas o mesmo evadiu-se da cidade de Monsenhor Hipólito, o que tem dificultado a elucidação do caso.

A polícia civil junto ao núcleo de inteligência de Teresina tem trabalhado no sentido de localizar o principal acusado. Existem provas técnicas que comprovam a autoria do acusado. As provas respondem às roupas sujas de sangue encontradas,  somando-se a própria fuga do acusado que se evadiu da cidade, vem a reforçar a suspeita do acusado como autor do crime.

David Andrade: Justiça seja feita!
David Andrade: Justiça seja feita!

Segundo o delegado, Gilberto Franklin, o caso está praticamente elucidado. “As diligências foram realizadas, é uma questão de honra para a polícia efetivar esta prisão, em nenhum momento o caso foi esquecido, é uma questão de tempo”, afirmou Gilberto Franklin.

O delegado ainda disse a nossa reportagem que não descarta a participação de outros elementos no assassinato de David, mas para concluir este aspecto é necessário inicialmente que se prenda o principal acusado.

David Andrade
População protesta em Monsenhor Hipólito contra o bárbaro assassinato de David Andrade

O crime chocou a pequena cidade de Monsehor Hipólito pelo requinte de crueldade. David de Andrade foi morto à pauladas no dia 23 de janeiro deste ano. A população de Monsehor Hipólito espera uma resposta concreta do desfecho do caso.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade