ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralTodas as Notícias

Centro Administrativo resgata símbolos culturais de Picos

Há mais de um ano, o projeto do Centro Administrativo de Picos, que abrigaria 14 secretarias e coordenadorias do município encontrava-se parado. No mês de julho, as obras foram retomadas no antigo prédio do Fórum de Picos (sede do Centro Administrativo), situado na Avenida Getúlio Vargas, Centro da cidade. Agora o local está de “cara nova”, o que muito agradou os picoenses. A inauguração acontecerá na noite desta quarta-feira, 16, por volta das 19h00.

Na oportunidade, ainda será realizada uma benção no local pelo Padre Gregório Leal Lustosa.

Prédio abrigará 14 secretarias, coordenadorias e alguns órgãos - Foto: Reprodução/ Gláuber Silva
Prédio abrigará 14 secretarias, coordenadorias e alguns órgãos – Foto: Reprodução/ Gláuber Silva

O Centro Administrativo que recebe o nome do ex-prefeito Waldemar Rodrigues de Sousa Martins, sediará as seguintes secretarias: Secretaria de Trabalho e Assistência Social; Agricultura e Abastecimento; Meio Ambiente e Recursos Hídricos; Ciências e Tecnologia; Trânsito e Mobilidade Urbana; Esporte e Lazer.

Além das coordenadorias de Habitação; da Mulher; Direitos Humanos e Livre Orientação Sexual; Cajucultura; Apicultura; Defesa Civil; Obras. Também serão transferidos para o Centro, o Conselho Tutelar; Creas; Ouvidoria; Procon e Fundo Previdenciário.

O Projeto de Lei que estabeleceu a criação do Centro é de autoria da vereadora Dalva Mocó (PSB).

f959ce8d80b74cc7dd59bda769c6

Economia

A mudança dos órgãos para o Centro Administrativo trará uma economia anual de R$720,000,00 mil reais aos cofres do município, pois a grande parte destes departamentos funcionavam em prédios alugados. Mensalmente a economia será de 60.000,00.

Fachada imponente

A revitalização do prédio chamou a atenção dos picoenses com a faxada que resgata símbolos da cidade, como o mel, a Catedral de Nossa Senhora dos Remédios, o caju e  uma cachoeira do Vale da Águia, compõem o painel.

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade