ad16
DestaquesGeral

Centro de Zoonoses aprende 702 cães em 2013

[ad#336×280]O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da cidade de Picos apreendeu 702 cães em 2013. A maioria das apreensões foram através da solicitação dos próprios proprietários dos animais, em virtude deles estarem debilitados e com problemas de saúde.

Outro fator principal das apreensões foi o abandono dos cães por parte dos seus proprietários. Muitos deles foram encontrados abandonados pelas ruas da cidade.

Segundo o coordenador do órgão, Agenor Martins, um grande número de cães estão perambulando pelas ruas de Picos, causando risco a saúde da sociedade picoense, uma vez que eles são potenciais reservatórios de doenças como a raiva e o calazar.

Diretor do Centro de Controle de Zoonoses de Picos
Veterinário Agenor de Sousa Martins

“Além de tudo eles podem ocasionar acidentes que podem ser até fatais. É o risco que esses animais soltos nas ruas da nossa cidade podem causar a saúde da população”, destacou.

No início deste ano, o número de cães soltos nas ruas também aumentou. Eles por toda parte, nas ruas do Centro, nos bairros e até mesmo perambulando em estabelecimentos comerciais da cidade.

De acordo com Agenor, uma única equipe do Centro de Zoonoses está diariamente recolhendo os animais nas ruas. “Todo dia a equipe percorre determinados bairros da nossa cidade, porque uma única equipe não tem condição de percorrer o município inteiro em um único dia”, diz.

Ele informou também que atende solicitações dos proprietários dos cães que solicitam a apreensão do animal.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade