ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralTodas as Notícias

Chuvas ameaçam moradores que vivem em áreas de risco em Picos

[ad#336×280]As chuvas que caíram nos últimos dias na cidade de Picos provocaram diversos estragos e transformaram a paisagem urbana. Árvores foram arrancadas, ruas alagadas além da falta de iluminação em alguns bairros do município. No entanto, a preocupação agora é com o risco de deslizamentos de terra , sobretudo para as pessoas que residem em áreas de risco.

A moradora Francinalda  de Sousa Silva, que reside no bairro Paroquial,  na Rua Bahia II, sente de perto o problema afirmando que teme o desastre de um deslizamento. “A situação está precária, pois a chuva aterrou o local por onde passamos e na parte superior do morro não há como” disse a moradora. Ela ainda acrescenta que o que tem segurado a sua casa é um muro de contenção construído pela mesma, e que caso venha a ceder pode atingir várias residências.

Casas construídas à beira do morro - Foto: Reprodução
Casas construídas à beira do morro – Foto: Reprodução

 Medidas tomadas para solucionar o problema

Secretário de Obras, Cláudio Galeno - Foto: Paula Monize
Secretário de Obras, Cláudio Galeno – Foto: Paula Monize

Sobre esta situação, o secretário de Obras Cláudio Galeno disse que medidas estão sendo tomadas como o levantamento de quantas famílias vivem esta realidade, para que estas sejam retiradas o quanto antes e realocadas em outros locais que não comprometam sua segurança.

“Temos trabalhado constantemente desde o temporal na limpeza e remoção de árvores caídas. Por recomendação do prefeito, a secretaria de Obras também iniciou o trabalho de limpeza de boeiros,  galerias, tudo aquilo que poderia gerar algum transtorno durante chuvas foi equiparado. Em relação às áreas de risco, temos dois engenheiros fazendo o levantamento de quantas pessoas moram nestes locais, pois estamos tentando evitar que algo mais sério ocorra”, finalizou Cláudio Galeno.

O secretário ainda ressaltou que um destino para estas famílias ainda não foi previsto tendo em vista a emergência da situação. Tudo ocorrerá paliativo ao levantamento.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade