ad16
AutoPECASonline24.pt
GeralTodas as Notícias

Cientistas descobrem que planta comum no Piauí pode causar a morte

Uma das plantas mais comuns nas residências piauienses, a famosa “Comigo-ninguém-pode” ou “Aningá-do-Pará”, como é conhecida popularmente, foi alvo do estudo de cientistas do Departamento de Ciências em Plantas de Oxford (EUA). O resultado dos trabalhos desenvolvidos com amostras da planta revelaram que a mesma possui substâncias que podem causar a morte do indivíduo.

De acordo com reportagem veiculada pelo site UOL, a “comigo-ninguém-pode” possui oxalato de cálcio em sua estrutura, um composto venenoso que que devemos tomar muita cautela, evitando o contato com olhos e boca.

Planta Comigo-ninguém-pode” ou “Aningá-do-Pará”-Foto: UOL
Planta Comigo-ninguém-pode” ou “Aningá-do-Pará”-Foto: UOL

Segundo um estudo realizado pela Universidade Federal da Bahia, o contato com as toxinas da planta pode se dar de três formas: pelos olhos, boca e pele.

Os efeitos colaterais, em humanos e animais domésticos, podem se manifestar nos olhos como dores acentuadas, fotofobia, conjuntivites e lesões na córnea – na boca como dores instantâneas, salivação, edemas na língua, úlcera, vômitos e diarreia – e na pele como dermatites, queimaduras graves e até mesmo o surgimento de bolhas.

Planta Comigo-ninguém-pode” ou “Aningá-do-Pará”-Foto: UOL
Planta Comigo-ninguém-pode” ou “Aningá-do-Pará”-Foto: UOL

Ainda mais grave, no caso de ingestão, ocorre obstrução do sistema respiratório e umas das seguintes reações é o bloqueio da laringe, o que pode causar dificuldades respiratórias e até mesmo a morte.

UOL

Um Comentário

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade