ad16
DestaquesTodas as Notícias

Ciro Nogueira diz que “reinado” de Wellington Dias está acabando e ataca Marcelo Castro

A declaração ocorreu durante a sua chegada ao evento realizado no Eldorado Club, em Teresina, para o lançamento da pré-candidatura de Sílvio Mendes (PSDB) ao Governo do Piauí.

O ministro da Casa Civil, o senador Ciro Nogueira (Progressistas), afirmou na manhã deste sábado (5) que o reinado do governador Wellington Dias (PT) está chegando ao fim no Piauí. 

A declaração ocorreu durante a sua chegada ao evento realizado no Eldorado Club, em Teresina, para o lançamento da pré-candidatura de Sílvio Mendes (PSDB) ao Governo do Piauí.

O ministro chegou ao evento acompanhado do pré-candidato Sílvio Mendes e da pré-candidata a vice, a deputada Iracema Portella (Progresisstas). Ciro reagiu às declarações do governador Wellington Dias e do senador Marcelo Castro (MDB), de que o governo federal estaria travando recursos para o Piauí.

Ciro Nogueira – Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

“O governador não está no seu normal. Quem conhece ele, sabe. Seu reinado no Piauí está chegando ao fim, por isso ele está saindo do contexto. Espero que ele saiba sair, porque ele vai sair da vida pública. É um homem acostumado a mentiras. Mentir virou coisa natural para ele”, desabafou o ministro Ciro Nogueira.

O ministro também subiu o tom ao falar sobre as declarações do senador Marcelo Castro.

“A minha frase para o Marcelo Castro, é que eu sabia que ele era ingrato, só que agora ele se transformou em uma pessoa leviana”, disse o senador no evento que foi batizado de “Encontro das Oposições”.

Ciro Nogueira ainda declarou que hoje é o “dia da independência real do Piauí”.

Ataques aos governistas 

Ao falar no evento, Ciro Nogueira fez duros ataques ao governador Wellington Dias (PT), ao senador Marcelo Castro e ao secretário de Fazenda, Rafael Fonteles. 

“Todos viram a facada que recebi pelas costas do senador Marcelo Castro. Quantos prefeitos, vice, vereadores eu conversei na campanha passada. Cheguei ao ponto de pedi para prefeitos não votar em mim, que estava eleição tranquila para votar nesse cidadão. Mas, Deus lhe proteja como diz Wellington Dias. Você (se referindo a Marcelo castro) sabe que você foi leviano. Você sabe que nunca na história do Piauí, da minha história, iria trabalhar contra a minha gente. Vamos em frente, a história nunca perdoa o traidor”, disse Ciro Nogueira ao discursar para mais de 2 mil pessoas no Eldorado Country Club.  

Ciro não poupou críticas ao governador e o acusou de comandar esquema de propina no estado. “Não podemos ter um governador com esse comportamento. Chegou a hora do Piauí não aceitar as coisas erradas como se fosse natural. Mesmo grupo político há 7mil 300 dias. Vamos amanhecer de outra forma”. 

Segundo Ciro, a decisão de lançar Sílvio Mendes candidato une a capital e o interior. Ele informou no seu discurso que as pesquisas apontam que Sílvio já conta com mais de 220 mil votos somente na capital. 

Sonho de ser governador

Ciro admitiu que tem um sonho de ser governador do estado. 

“Todos sabem o meu sonho de governar o Piauí. Eu tenho esse sonho. Um dia ainda vou tanto governar o Piauí como voltar para o meu River. Mas, fizemos uma escolha agora”, disse Ciro Nogueira. 

Fonte: Cidade Verde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.