ad16
GeralSaúde

CLISAM realiza palestras educativas para mulheres

CLISAM

Iniciou na última segunda-feira (02) em Picos, um projeto informativo na Clinica de Saúde da Mulher (CLISAM). O projeto será relacionado à importância da fisioterapia na saúde da mulher. Temas como: A fisioterapia UROGINECOLÓGICA: uma especialidade que atua no tratamento conservador das disfunções urológicas, genitais e anorretais como, por exemplo, a incontinência urinária de esforço e as distopias genitais. Tudo será demonstrado através de palestras para o público da CLISAM.

De acordo com a Enfermeira e coordenadora municipal de saúde da mulher, Rhaylla Pio, é importante iniciativas como esta para ajudar a mulher entender melhor o próprio corpo bem como as possíveis mudanças e tratamentos alternativos, como a fisioterapia uroginecológica. “A CLISAM apoia o projeto devido à facilitação de informações para as mulheres que frequentam a clinica. Os alunos estão de parabéns. As mulheres que quiseram saber um pouco mais sobre o assunto e cuidar da saúde, pode vir para CLISAM toda segunda-feira, a partir das 10 horas as palestras começam,” explicou a Enfermeira e Coordenadora municipal de saúde da Mulher.

O projeto que terá a duração de dois meses, é uma realização dos acadêmicos do VII período de Fisioterapia da Faculdade R. Sá e tem a coordenação da professora mestre e Fisioterapeuta Ana Kaline. E conta com o apoio da CLISAM

Iniciou na última segunda-feira (02) em Picos, um projeto informativo na Clinica de Saúde da Mulher (CLISAM). O projeto será relacionado à importância da fisioterapia na saúde da mulher. Temas como: A fisioterapia UROGINECOLÓGICA: uma especialidade que atua no tratamento conservador das disfunções urológicas, genitais e anorretais como, por exemplo, a incontinência urinária de esforço e as distopias genitais. Tudo será demonstrado através de palestras para o público da CLISAM.

De acordo com a Enfermeira e coordenadora municipal de saúde da mulher, Rhaylla Pio, é importante iniciativas como esta para ajudar a mulher entender melhor o próprio corpo bem como as possíveis mudanças e tratamentos alternativos, como a fisioterapia uroginecologia.

“A CLISAM apoia o projeto devido à facilitação de informações para as mulheres que frequentam a clinica. Os alunos estão de parabéns. As mulheres que quiseram saber um pouco mais sobre o assunto e cuidar da saúde, pode vir para CLISAM toda segunda-feira, a partir das 10 horas as palestras começam,” explicou a Enfermeira e Coordenadora municipal de saúde da Mulher.

O projeto que terá a duração de dois meses, é uma realização dos acadêmicos do VII período de Fisioterapia da Faculdade R. Sá e tem a coordenação da professora mestre e Fisioterapeuta Ana Kaline. E conta com o apoio da CLISAM

SECOM

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade