ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
Geral

Coleta seletiva contará com caminhão recolhendo lixo

[ad#336×280]A coleta seletiva lançada em Picos em junho deste ano na semana do Meio Ambiente está com novas etapas para a continuidade do programa. As novidades serão a contratação de um caminhão para fazer o recolhimento do lixo nos pontos onde já foram instalados o programa. A coleta seletiva é um programa de educação ambiental que tem por objetivo conscientizar a sociedade sobre a importância de se reciclar e dar o  desfecho correto do lixo preservando o meio ambiente.

Na tentativa de conscientizar e divulgar o programa, a equipe de Educação Ambiental realizou várias palestras, gincanas escolares durantes estes primeiros meses do projeto implantado.  A partir de agora a Secretaria de Meio Ambiente  contratou um caminhão para realizar a coletiva seletiva já instalada em alguns espaços públicos da cidade. Segundo o secretário de Meio Ambiente, Gláuber Silva, a rota já está pronta e tem dois funcionários efetivos trabalhando.

Tambores da coleta seletiva na praça Josino Ferreira - Foto: Paula Monize
Tambores da coleta seletiva na praça Josino Ferreira – Foto: Paula Monize

“Um pequeno passo foi dado, a nossa ideia é que cada casa de Picos separe seu lixo, pois as residências ainda não separam o lixo, não obedecem à coleta de lixo normal, e a cidade acaba ficando muito suja, mas os condomínios, escolas, já estão nos procurando com interesse em fazer a coleta seletiva”, disse Gláuber Silva.

 As próximas etapas serão atingir as comunidades, e com este intuito a Secretaria de Meio Ambiente está firmando parcerias com as associações de moradores dos bairros de Picos buscando que as mesmas sejam também divulgadoras da ideia e que provavelmente venham a servir de espaço para que os moradores  depositem o lixo separado nestes locais.

Gláuber Silva, secretário de Meio Ambiente - Foto: Paula Monize
Gláuber Silva, secretário de Meio Ambiente – Foto: Paula Monize

O secretario ainda ressaltou que o caminhão que fará a rota em alguns pontos da cidade recolhendo o lixo, será apenas destinado para o lixo reciclado, sendo o lixo tradicional à competência da Secretaria de Serviços Públicos.

Estima-se que no próximo ano o programa avance devido ao possível recebimento de recursos enviados pela Fundação Nacional de Saúde – FUNASA e do Ministério do Meio Ambiente, onde já foi encaminhado um projeto solicitando recursos. Além disso, a ideia é aumentar os tambores da coleta seletiva e espalhar por vários pontos da cidade que tenham grande circulação de pessoas. Estes inicialmente estão apenas em praças e outros locais públicos da cidade.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade