ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeral

Comradio promove I seminário de comunicação do semiárido em Picos

Abertura do I Seminário de comunicação em Picos-Foto: Luciano Barbosa

Com início na noite desta quinta-feira (22) e término na tarde desta sexta-feira (23), O Instituto Comradio do Brasil e a Bruck Le Pont realizou no Centro Diocesano de Picos, o Seminário de Comunicação e Desenvolvimento Sustentável do Semiárido.

O seminário teve como  principal proposta abordar o papel da comunicação no desenvolvimento sustentável da região. O evento  teve início com a participação do presidente do Instituto Comradio do Brasil, Iraildon Mota; diretor do projeto dos Jovens Radialistas do Semi-árido, Jessé Barbosa; coordenador de comunicação da Diocese de Picos Pe. Carlos Danilo de Araújo Santos; aluna da Escola de Comunicação Comradio do Brasil, Thais Araújo e do representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seccional de Picos, Marques Neiva.

A palestra de abertura ficou por conta do peruano Pedro Sánches, Secretário Executivo da Organização Internacional SIGNIS. Em sua palestra Sanches abordou o tema “Os desafios e as perspectivas da comunicação no desenvolvimento sustentável”. Segundo ele é importante que os comunicadores tenham responsabilidade para ajudar a vida de muitas pessoas.  O comunicador não deve só produzir ou ler a notícia e sim transformar a realidade. “Se o comunicador não entende que essa é sua missão, está perdendo tempo. Comunicador de verdade é aquele que ajuda que o povo caminhe e saia na frente”, enfatiza.

Várias pessoas compareceram no evento-Foto: Romário Mendes

Na sexta o seminário iníciou com apresentações sobre a “experiência exitosas de convivência com o semiárido”. Dentre as apresentações, o coordenador regional no Piauí, João Martins  da CARE Brasil ministrou  palestra com o tema “As experiências exitosas do projeto Jovem Produtor”. João Martins explica que as estratégias para conviver com a seca tem que estar baseada em três tripés, como social, econômico e ambiental. “No nosso caso CARE Brasil em Pedro II, estamos usando os três tripés, mas com ênfase no tripé econômico para refletir muito bem nos impactos sociais e ambientais para os agricultores familiares”, explica.

Espaço de dialogo de Gestão de Políticas Públicas para a Convivência com o Semiárido-Foto: Romário Mendes

Jessé Barbosa, coordenador do projeto diz que a ideia do seminário surgiu dos alunos do curso da Comradio. “Nós temos uma experiência dentro do curso que chamamos de aula zero, que agente escuta as demandas dos alunos e umas das demanda foi realizar um evento para discutir justamente esse tema, que é o papel que a comunicação tem no desenvolvimento sustentável.  Aos  alunos couberam construir esse evento e foi maravilhoso”, relatou.

Espaço de dialogo-Foto: Romário Mendes

Jessé relatou ainda que o evento foi de acordo com a expectativa. Segundo ele a presença dos palestrantes foi importante para engrandecer o seminário. “A palestra do Pedro, foi um esforço muito grande para trazermos ele do exterior para cá. A palestra   atendeu todas as nossas expectativas tudo aquilo que nós esperávamos e os outros palestrantes também estão de parabéns”, concluiu.

Três espaços de didolagos foram criados para discutir sobre o semiárido-Foto: Romário Mendes

O evento continuou com os espaços de diálogos com Gestão de Políticas Públicas para a Convivência com o Semi-árido, potencialidades do semi-árido e Educação Contextualizada. No final foram entregues os certificados para os participantes do seminário.

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade