ad16
AutoPECASonline24.pt
ConcursosDestaquesGeral

Concurso da Eletrobras Piauí é anulado após recomendação do MPF

[ad#336×280]O Ministério Público Federal no Estado do Piauí obteve após recomendação enviada à Eletrobrás Distribuição Piauí, a anulação do concurso público nº 001/2013 realizado no dia 10 de novembro.

No início de dezembro, o procurador da república Alexandre Assunção, recomendou à Eletrobras Distribuição Piauí a anulação do certame público organizado pela EPL Concursos. Um documento assinado por pelo menos 14 candidatos pedia a anulação do certame porque as provas teriam sido entregues após o horário previsto.

O procurador também considerou notícia veiculada no G1 informando que na Unidade Escolar Álvaro Ferreira, na Zona Sul de Teresina, 200 candidatos desistiram do concurso após as provas chegarem com uma hora de atraso e em caixas abertas. Uma representação com 80 assinaturas de candidatos que realizariam as provas na mesma escola afirmando que não havia sinalização, nem listas de frequências dos candidatos e que a responsável pelo concurso, Magda Gonçalves, chegou com os  malotes apenas às 15 horas com a explicação que teria se perdido na cidade, também foi levada em consideração.

Concurso Públicos
Concurso Públicos – Foto: Reprodução

Para o MPF, se a EPL Concursos sequer entregou os cadernos de prova no horário devido e controlou os malotes de prova, é grande a probabilidade que provas tenham sido extraviadas e de fraude no certame, contrariando o art. 5º, Caput da Constituição Federal onde garante ser direito de todos a igualdade, nele inserido a isonomia de tratamento e de acesso a cargos públicos.

Em resposta, a Eletrobras Distribuição Piauí informou ao procurador da República através de sua assessoria jurídica, o atendimento da recomendação enviando a resolução para que anule o concurso público; rescinda o contrato com a EPL e determine que o Departamento de Gestão de Pessoas, adote as medidas cabíveis para o cumprimento da resolução.

O G1 tentou contato com a EPL Concursos através de telefone, mas até a publicação da matéria nenhum retorno foi dado.

G1 PI

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade