ad16
InformáticaTodas as Notícias

Conferiu se o carro trancou? Ladrões bloqueiam sinal do alarme para furtos

Os ladrões usam um equipamento para bloquear a frequência que sai do seu chaveiro para o sistema do carro e você nem percebe.

Diz aí: depois de ativar o alarme do chaveiro do seu carro, quantas vezes você confere se ele está realmente trancado? Se a resposta for nunca, é melhor mudar este hábito imediatamente. Você pode ser vítima de criminosos que se aproveitam dessa sensação de segurança para furtar seu veículo.

Basta um descuido e pronto. Quando você volta ao carro, todos os seus pertences foram roubados. Os ladrões usam um equipamento para bloquear a frequência que sai do seu chaveiro para o sistema do carro e você nem percebe.

Este tipo de crime não é novo, acontece há pelo menos quatro anos, mas recentemente tem sido registrado na porta de escolas da zona sul e oeste de São Paulo –uma mãe chegou a ter o laptop furtado. Uma das instituições emitiu uma circular avisando os pais sobre aumentos nos furtos. Grupos de WhatsApp também alertaram sobre o uso do aparelho que bloqueia o sinal do chaveiro.

Como funciona?

Os bandidos se posicionam de 30 metros a 50 metros do carro estacionado em local público e ativam o bloqueador. Parece um controle remoto. Quando o dono do veículo sai de cena, o ladrão abre a porta e furta o que estiver acessível.

O controle [que fica na chave] funciona numa frequência que se comunica com o carro e faz o bloqueio [das portas]. Quando esse aparelho está próximo, ele consegue emitir um sinal na mesma frequência que bloqueia a emissão do comando de trancar o veículo

Thiago Marques, analista de segurança da Kaspersky.

Para piorar, não é difícil conseguir o aparelho. Ele pode ser achado em camelôs das grandes cidades e na internet, por cerca de R$ 300.

A tecnologia não funciona em todos os carros, porque a frequência varia de veículo para veículo. Mas os criminosos agem por tentativa e erro. E ao comprar o equipamento, já são passadas informações de quais modelos de veículos podem ter o sinal de travamento bloqueado.

Não existe só um bloqueador para todos os carros, mas um grande número de carros compartilha a mesma frequência. Quem vende passam essa informação de qual modelo funciona com tal frequência, e alguns aparelhos funcionam com mais de quatro marcas

Como não ser vítima da ação

Infelizmente, há pouca coisa que você possa fazer para evitar ser vítima desses furtos. Só uma coisa é infalível: conferir se o carro travou mesmo.

Mas uma dica é ficar esperto no barulho: quando o bloqueio do alarme ocorre, nenhum som é emitido.

Outra alternativa é fazer o fechamento do carro mecanicamente, com a chave. Dessa forma, obviamente, o criminoso não conseguirá impedir que o carro seja travado. Carros mais modernos e inteligentes também oferecem mais segurança contra a ação.

Fonte UOL

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também