ad16
ArtigosDestaquesTodas as Notícias

Conheça um pouco sobre Guilhermina Bezerra, picoense presa pela ditadura militar

Picoense foi vítima do regime.

Sabia que uma picoense já foi vítima da ditadura militar brasileira? Conheça um pouco sobre Guilhermina Bezerra, através do texto de Lana Krisna*

Esta é Guilhermina Bezerra, picoense, assistente Social, que morava em Recife-PE e era casada com o geólogo Ezequias. Integravam um movimento universitário, foram presos e Ezequias torturado até a morte, seu corpo foi jogado com uma bola de concreto amarrada à cintura no açude de Escada (cidade ao lado de Recife).

Guilhermina. Foto: arquivo da família
Guilhermina. Foto: arquivo da família

A família não teve o direito de identificar o corpo de Ezequias, nem de enterrá-lo. Ezequias foi jogado na vala junto com outros jovens mortos pelos militares. Guilhermina morreu num “acidente” cinco anos depois.

Para saber mais, confira o artigo da jornalista Lana Lana Krisna CLICANDO AQUI.

Guilhermina Bezerra: Representações de Medo Sobre o Regime Militar Entre as Estudantes da Escola Normal Oficial de Picos (1967-1985)

Lana Krisna é jornalista, mestra em Educação pela Universidade de Pernambuco (UPE), professora e coordenadora do curso de Jornalismo da Faculdade R.Sá.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.