ad16
DestaquesGeral

Conselho Tutelar encerra Carnaval com saldo positivo

O Conselho Tutelar de Picos no período de Carnaval intensificou os trabalhos. Nas quatro noites da folia apenas três ocorrências foram registradas. A de maior gravidade ocorreu na última terça-feira, 4, no bairro São José, onde um garoto de oito anos foi deixado em casa, supostamente sob o cuidado de uma terceira pessoa, enquanto a mãe curtia o Carnaval. Corpo de Bombeiros foi acionado por populares. No momento do resgate, criança estava sozinha na residência.

Presidente do Conselho Tutelar fala sobre ocorrências registradas no Carnaval - Foto: Jesika Mayara
Presidente do Conselho Tutelar fala sobre ocorrências registradas no Carnaval – Foto: Jesika Mayara

A segunda ocorrência corresponde a uma discussão entre menores, onde os mesmos já foram ouvidos na Delegacia para prestarem suas versões sobre o ocorrido. O último registro, foi o flagra de um adolescente jogando em uma barraca, “Tiro ao alvo” (que simula ações de violência). Armas de brinquedos utilizam chumbinhos como munição. Adolescente estava acompanhado do pai, que imediatamente reconheceu o erro, retirando o garoto do local.

Para o presidente do Conselho Tutelar, Dunga, a edição deste ano do Carnaval transcorreu de maneira tranquila. “Posso afirmar que este foi um dos carnavais mais calmos nos últimos tempos. Além disto, tivemos o apoio da Polícia Militar e do Ronda Cidadão que ajudou e muito o nosso trabalho de fiscalização e de conscientização”, disse Dunga.

As estratégias adotadas pelo órgão no decorrer da festa momesca respondem a realização de vistorias, panfletagem e campanhas de conscientização junto aos barraqueiros sobre a proibição da venda de bebidas alcoólicas a menores. O presidente ressaltou ainda que durante abordagens aos barraqueiros, os mesmos se mostraram receptivos e cientes das normas.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade