ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
DestaquesSaúdeTodas as Notícias

Cresce número de casos de HIV/AIDS em Picos

Nos dois primeiros meses do ano foram registrados 13 casos

Segundo dados fornecidos pelo o CTA – Centro de Testagem e Aconselhamento em Doenças Sexualmente Transmissíveis HIV/AIDS e Hepatites Virais,  foi registrado um aumento de casos de HIV nos primeiros meses de 2019 em relação ao ano anterior. Nos 13 casos identificados, a maioria são em homens.

Ainda segundo o Centro, nas palavras da Coordenadora Isabel Maria Luz e Fontes, após a identificação da doença, os pacientes são orientados e passam a receber o tratamento.

Procura após o Carnaval

Logo após a folia carnavalesca a procura por exames no Centro de Testagem e Aconselhamento – CTA – de Picos costuma aumentar em 30%, segundo dados do mesmo. A crescente procura aconteceu porque durante o Carnaval muitos foliões esquecem de se proteger em relação às DSTs – Doenças Sexualmente Transmissíveis.

NO CTA são realizados testes para HIV, Sífilis e Hepatites virais B e C. Segundo dados do CTA, diariamente o local tem recebido uma média de 20 pacientes. Todos os serviços oferecidos no CTA são gratuitos, sigilosos e acompanhados por uma equipe de multiprofissionais, como médico, enfermeiro, psicólogo e assistente social.

As palestras acontecem na recepção antes do aconselhamento quando os usuários chegam para a realização de exames e o auditório é voltado para as pessoas do grupo de adesão, ou seja, pessoas que fazem tratamento e realizam os exames CD4 e a carga viral a cada quinze dias, onde trazem profissionais do CTA e de outros locais como nutricionistas para ministrarem.

 

Para a realização dos testes o único passo é que o interessado vá até CTA, localizado na Rua Coronel Francisco Santos, centro de Picos levando o cartão do SUS, aberto das 07hs às 13hs de segunda a sexta a identidade e um comprovante de residência, não precisa de solicitação médica ou está em jejum e o atendimento é definido por ordem de chegada.

Casos no Piauí

Dados preocupantes apontam que o número de casos de pessoas com HIV triplicou nos últimos cinco anos no Piauí. Em Teresina, são registrados cerca de 300 novos casos por ano.

Segundo dados apresentados em matéria da TV Meio Norte, os dados são da Secretaria de Estado de Saúde – SESAPI. A repórter Suzy Sousa conversou com a coordenadora Do Centro de Testagem e Aconselhamento em Doenças Sexualmente Transmissíveis –  CTA, Cristiana Rocha, que ressaltou que os número são preocupantes. “A epidemia ainda está em expansão e a gente vem percebendo que tem muitos novos casos na capital e em alguns municípios”, disse a coordenadora.

Segundo a coordenadora, com a chegada do carnaval, é importante que as campanhas sejam massivas com foco na prevenção. “As pessoas as vezes relaxam e a gente deseja que não relaxem, que usem os preservativos. Não importa que tipo de relação, nem com quem, o importante é proteger”, explicou.

Dados preocupantes apontam que o número de casos de pessoas com HIV triplicou nos últimos cinco anos no Piauí. Em Teresina, são registrados cerca de 300 novos casos por ano.

Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde – SESAPI. A repórter Suzy Sousa conversou com a coordenadora Do Centro de Testagem e Aconselhamento em Doenças Sexualmente Transmissíveis –  CTA de Teresina, Cristiana Rocha, que ressaltou que os número são preocupantes. “A epidemia ainda está em expansão e a gente vem percebendo que tem muitos novos casos na capital e em alguns municípios”, disse a coordenadora.

Segundo a coordenadora, com a chegada do carnaval, é importante que as campanhas sejam massivas com foco na prevenção. “As pessoas as vezes relaxam e a gente deseja que não relaxem, que usem os preservativos. Não importa que tipo de relação, nem com quem, o importante é proteger”, explicou.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade