ad16
DestaquesSaúdeTodas as Notícias

CRM faz vistoria em hospitais e situação revela caos em cidades da região de Picos

Desde esta quarta-feira (06) os conselheiros do Conselho Regional de Medicina do Piauí – CRM-PI estão na região sul do Estado para uma série de vistorias em hospitais e unidades mistas de saúde da região. São cerca de 15 municípios na lista de fiscalizações, incluindo a cidade de Picos, a 314 km de Teresina. A situação encontrada na maioria dos municípios revela o caos em que se encontra a saúde no interior. O presidente do CRM-PI, Dr. Emmanuel Fontes, disse que não dá para aceitar que a população morra sem assistência médica de urgência.

Segundo Fontes, nenhuma das cidades visitadas conta com os equipamentos mínimos para salvar um paciente em situação de emergência, o que inclui os equipamentos de ressuscitação cardiopulmonar, material de laboratório e, farmácia. “Nem o SAMU tem ambulâncias com este suporte para transportar pacientes graves entre as unidades de saúde”, destacou.

Foram encontrados material de uso hospitalar sucateados e abandonados em salas e aparelhos novos ainda encaixados, sem nenhuma utilidade.
Foram encontrados material de uso hospitalar sucateados e abandonados em salas e aparelhos novos ainda encaixados, sem nenhuma utilidade.

No município de Santo Antônio de Lisboa consta na fachada ‘Hospital Pedro Vicente’, que deverá ser retirada imediatamente sob risco de interdição ética pelo CRM-PI. Lá, os conselheiros relataram que as internações não podem ocorrer, pois falta o acompanhamento do profissional médico. Na maioria das unidades de saúde, há o indicativo de interdição ética pelo CRM-PI, devido à falta de material para os médicos trabalharem no setor de urgência. Caso a plenária do Conselho aprova o indicativo de interdição ética, médico nenhum poderá trabalhar no setor interditado, sob pena de responder processo ético profissional.

Durante as vistorias realizadas nesta quinta-feira (07), entre eles Bocaina, Sussuapara, São João da Canabrava, São Luís do Piauí e Santo Antônio de Lisboa, falta estrutura, cadeiras e macas quebradas e as salas que seriam para atender urgências até as cadeiras e móveis estão enferrujados, entre outros problemas graves. Foram encontrados material de uso hospitalar sucateados e abandonados em salas e aparelhos novos ainda encaixados, sem nenhuma utilidade. Situação parecida foi encontrada também nos municípios de Francisco Santos e Monsenhor Hipólito.

FÓRUM – Neste sábado (09), o CRM-PI realização um Fórum de Saúde na cidade de Picos, para tratar dos principais problemas do setor naquele municípios, que recebe muitos pacientes oriundos de outros pequenos municípios da região Sul. O evento acontecerá no auditório do Picos Hotel, a partir das 15 horas, com a presença de conselheiros e médicos da região, além de gestores da saúde.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade