ad16
DestaquesTodas as Notícias

Curso de atualização em feridas e curativos é realizado em Picos

As aulas foram realizadas no CEPROSP.  

Com a participação de um número expressivo de profissionais, técnicos e estudantes de Enfermagem, foi realizado nessa sexta-feira (26) e sábado (27) o curso de atualização em feridas e curativos. As aulas foram realizadas no CEPROSP 

Intitulado de “Módulo I – Introdução ao Tratamento de Feridas”, o curso contou com as aulas na sexta-feira de Estomaterapia: Especialidade em Ascenção; Aspectos éticos e legais para o tratamento de feridas; Anatomia da pele; Fisiologia da cicatrização; Fatores que interferem no processo de cicatrização; Importância da nutrição na cicatrização de feridas; Avalição de feridas e preparo do leito da ferida. 

Curso de atualização em feridas e curativos- Foto: Romário Mendes

Já no sábado, foram realizadas as aulas de Técnicas de curativo; Tipos de DesbridamentosCoberturas Especiais; Tipos de feridas- lesão por pressão; Tipos de feridas – pé diabético; tipos de feridas – ulcera vasculogênica; tipos de feridas – queimaduras e discussão de Casos Clínicos 

A fiscal do Conselho Regional de Enfermagem na subseção de Picos, a enfermeira Ana Yara Bezerra, ministrou a aula de aspectos éticos e legais para o tratamento de feridas. Segundo ela, na aula foi abordado o embasamento normativo que rege a atuação do profissional de enfermagem voltados aos cuidados com os pacientes com feridas. “Mostramos as resoluções do Conselho Federal de Enfermagem, que norteiam a atuação do profissional nessa matéria”, explicou.  

Rhaylla Pio e a Ana Yara Bezerra – Foto: Romário Mendes

A organizadora do evento, a enfermeira Rhaylla Pio, declarou que o objetivo do curso foi mostrar o seu trabalho e qualificar as pessoas na área, uma vez que ela é pioneira em prevenção e tratamento de feridas na cidade. “O objetivo é qualificar os profissionais para que a população fique bem assistida para que se descentralize essa questão. Esse é apenas o primeiro de muitos cursos que ainda vamos trazer para a nossa cidade”, disse. 

 

Rhaylla frisou ainda que no primeiro curso foi apresentado a introdução ao tratamento e prevenção de feridas, as coberturas especiais e as novas tecnologias utilizadas para prevenção e tratamento de lesão. “Os outros módulos serão específicos e pontuais. A cada dois, três meses estaremos trazendo esses cursos para a cidade”, declarou.  

Pelo menos 11 módulos serão realizados durante o ano.  

   

 

 

 

Tags

Leia Também