ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Curso de Direito da Uespi de Picos pode não ter vagas ofertadas em 2015

[ad#336×280]Após ter o curso denegado em 2010 pelo Conselho Nacional de Educação, o curso de Direito da Universidade Estadual do Piauí – UESPI, Campus de Picos, enfrenta novamente problemas burocráticos que poderão culminar na não ofertas de vagas para o Enem, em 2015. A informação tem preocupado toda a coordenação do curso e toda a comunidade acadêmica.

Segundo informações do promotor e coordenador do curso de Direito de Picos, Marcelo Monteiro, existe a possibilidade clara de não serem ofertadas vagas para o próximo ano, em decorrência de deficiências estruturais constatadas em 2010, que não mais persistem.

Novo campus da Uespi de Picos - Foto: Romário Mendes
Novo campus da Uespi de Picos – Foto: Romário Mendes

“A nossa preocupação é enorme, nós estamos numa luta contra o tempo porque até o final de outubro vai sair o edital do MEC dirigido às instituições de ensino superior em relação a adesão ao Enem. Após expedido o edital, as instituições tem um prazo para informarem os seus cursos que vão ser oferecidos para o respectivo exame. E recebemos a informação da Pro-Reitora de Ensino que falou de forma categórica que não vai ofertar para o próximo ano o curso de Direito da Uespi de Picos”, afirmou Marcelo Monteiro.

Promotor Marcelo Monteiro, idealizador do projeto - Foto: José Maria Barros
Promotor Marcelo Monteiro – Foto: José Maria Barros

Diante da situação, foi encaminhado à administração da UESPI um Plano de Melhorias que descreve a atual estrutura do curso, e os possíveis avanços, sobretudo no quadro de professores efetivos e na qualificação dos mesmos. O Plano posteriormente é enviado ao Conselho Estadual de Educação que o analisará com o objetivo de deliberar a possível aprovação ou não da oferta de vagas.

Estrutura atual

O curso de Direito da Uespi de Picos dispõe de três professores efetivos, a grande maioria Mestres. Outro ponto questionado, a deficiência física foi então superada com a construção do novo Campus, onde a previsão é de que as aulas sejam iniciadas no início de outubro. Além disto, o curso recebeu nota máxima do Enade, estando entre 0s 4% dos cursos de Direito mais bem avaliados do país.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade