ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
DestaquesEconomiaGeralTodas as Notícias

Demissões no comércio picoense aumentam diante de crise econômica

[ad#336×280]A crise econômica que atinge todo o país devido o aumento da inflação têm gerado reflexos diretos no comércio de Picos, especialmente no número de contratações e demissões de trabalhadores. Até o final do ano, a expectativa é que as demissões aumentem, pois a situação  já se mostra preocupante.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Servidores de Picos (SINTRACS), Marcos Holanda, ressaltou que uma avaliação  ainda é prematura, mas espera que o problema no setor possa ser contornado diante de um “equilíbrio econômico”. No entanto acrescenta ainda que o campo do comércio picoense tem se restringindo à construção civil e ao comércio lojista, e esta limitação não comporta toda a demanda.

Marcos Holanda, presidente do Sintracs de Picos - Foto: Paula Monize
Marcos Holanda, presidente do Sintracs de Picos – Foto: Paula Monize

Outro fator que segundo ele tem contribuído para o aumento nas demissões é a paralisação de várias obras, onde os trabalhadores foram demitidos, outros se quer receberam os dias trabalhados e isto retira o poder de compra do consumidor, ocasionando um “recesso econômico”.

Rodada de Negociações

Para a definição do salário dos trabalhadores do comércio de Picos em  2015 novas rodadas de negociações devem ser realizadas ainda este mês.  A reunião está prevista para acontecer no dia 28 de novembro na sede do Sintracs, em Picos, onde a classe patronal e o sindicato devem firmar um acordo para o reajuste salarial.

Atualmente o salário está cotado em R$775,oo para os trabalhadores de forma geral, R$807,00 para as pessoas que trabalham em supermercados e R$838,00 para os trabalhadores nas farmácias.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade