ad16
GeralSaúde

Departamento de Vigilância Sanitária de Picos fiscaliza venda irregular de medicamentos

[ad#336×280]Os fiscais do Departamento de Vigilância sanitária de Picos estão mobilizados em uma ação sobre a restrição da venda de medicamentos em supermercados, armazéns, padarias, hotéis e similares desde a semana passada, afim de notificar os estabelecimentos  que contenham o produto nas prateleiras. A lei prevê que medicamentos só podem ser vendidos em farmácias, drogarias e posto de medicamentos.

Medicamentos apreendidos -Foto: Ascom-SMS
Medicamentos apreendidos -Foto: Ascom-SMS

A presidente Dilma Rousseff vetou a venda de medicamentos nesses estabelecimentos comerciais em maio do ano passado, de acordo com o governo, a liberação de venda poderia estimular a automedicação e o uso indiscriminado, sendo prejudicial a saúde publica. De Acordo com Rita de Cássia, coordenadora da Vigilância Sanitária de Picos em apenas uma semana de trabalho, varias caixas de medicamentos foram apreendidos e alguns estabelecimentos comerciais notificados. “Só hoje fomos em três estabelecimentos comerciais e foi apreendida uma grande quantidade de medicamentos e a tendência é apreendermos mais ainda, a maioria dos estabelecimentos comerciais que não tem autorização para vender, trabalham com a mercadoria”, ressaltou.

A Coordenadora do Departamento da Vigilância sanitária alerta que os estabelecimentos não autorizados devem retirar os medicamentos de circulação. O não cumprimento desta determinação pode acarretar em multa, apreensão dos produtos e ter até o alvará cassado. “Os comerciantes tem que saber que a Vigilância Sanitária tem poder de policia, as vezes agente chega em um determinado comercio e as pessoas acham que a Vigilância Sanitária não é nada, então quando agente chega no comercio orientamos os donos dos estabelecimentos e apreendemos os medicamentos”. Disse.

ASCOM – Sec. de Saúde

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade