ad16
DestaquesGeral

Depoimento de testemunhas devem elucidar duplo homicídio em Bocaina

As investigações realizadas pela Polícia Civil sobre o duplo homicídio ocorrido no município de Bocaina seguem a todo vapor. Após ser preso na última segunda-feira,05, Edilson de Sousa, suspeito de assassinar a ex-companheira leia aqui! e o tio foi submetido a interrogatório. No entanto, o mesmo permaneceu calado sem responder qualquer pergunta. Edilson se encontra na Delegacia Regional de Picos enquanto aguarda ser transferido para a penitenciária José de Deus Barros.

Edilson de Sousa, suspeito de duplo homicídio -Foto: Reprodução
Edilson de Sousa, suspeito de duplo homicídio -Foto: Reprodução

O delegado regional, Divanilson Sena, explica que nos próximos dias serão realizadas oitivas, em que cerca de cinco pessoas devem ser ouvidas. Entre elas três pessoas que presenciaram os crimes. As mesmas serão peças importantes para o solucionamento do caso.

“Amanhã vamos procurar ouvir mais testemunhas e ter detalhes sobre o homicídio. A arma foi apreendida e vamos investigar como o suspeito conseguiu a arma”, explicou o delegado.

Em se tratando da qualificação dos crimes, o delegado Divanilson Sena explicou que em relação à ex-companheira o mesmo será enquadrado como feminicídio, enquanto o assassinato do tio da vítima será enquadrado como homicídio qualificado.

Relembre o caso

O crime aconteceu na noite do último domingo, 04, no povoado Agrovila, zona rural de Bocaina, e teve como vítimas Jessica de Araújo Rocha e seu tio, Adão de Araújo Rocha.

LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também