ad16
GeralPolícia

Deputados aprovam anistia para PMs que fizeram “greve” no PI

[ad#336×280]Na noite da última terça-feira (9), a Câmara dos Deputados aprovou a anistia dos Policiais Militares que participaram do movimento “Tolerância Zero: Polícia Legal”, deflagrado em agosto de 2011. Sem a aprovação do projeto, PMs que cruzaram os braços por mais de uma semana em todo o Piauí em busca de melhorias na corporação poderiam ser punidos. A proposta agora será apreciada no Senado.

Além do Piauí, serão beneficiados PMs e bombeiros militares de Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe, Tocantins e Distrito Federal. Eles participaram de movimentos reivindicatórios e greves entre janeiro de 1997 e outubro de 2011.

A Câmara dos Deputados informou que a anistia não irá contemplar excessos eventualmente promovidos, que continuam passíveis de punição.

A lei atual, de 2011, já havia concedido anistia para policiais e bombeiros de vários estados. Goiás, Maranhão, Paraíba e Piauí foram incluídos no projeto posteriormente.

No Piauí, o movimento Tolerância Zero fez policiais não trabalhassem em situações que fossem consideradas ilegais, como sair para operações sem equipamento adequado ou viatura regularizada. Atualmente, movimento semelhante é feito pela Polícia Civil – o Polícia Legal. A diferença no caso da PM é que a categoria não tem direito a fazer greve.

Fonte: Cidade Verde

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade