ad16
DestaquesGeral

Dilma admite pior seca da história e defende educação

Em discurso no município de São Julião, a presidente Dilma Rousseff (PT) admitiu que enfrenta uma das maiores secas de todos os tempos, mas afirmou que tem se esforçado para minimizar os efeitos da estiagem. A petista também mandou um recado aos Estados que brigam pela disputa dos royalties do pré-sal e defendeu que os recursos devem ser destinados integralmente para a educação.

Dilma Rousseff participou de solenidade nas obras da adutora de Piaus I, que levará água da barragem de Piaus a municípios do semiárido. Sua agenda ainda conta com eventos em Teresina durante toda a tarde.

Quebra de protocolo
Antes de cumprimentar as autoridades presentes, Dilma Rousseff se voltou para os operários da obra. “Eu quero começar quebrando o protocolo. Primeiro eu vou cumprimentar os trabalhadores que participaram e ainda participam da construção do sistema adutor de Piaus. Nós sabemos que com a mão de vocês se constrói o Brasil”.

Dilma Rousseff ainda garantiu o empenho para a execução de mais obras no Piauí, após o discurso do governador Wilson Martins (PSB). “Não tenho outra alternativa depois da declaração dele, a não ser dar um empurrãozinho nas novas obras. O governador Wilson Martins, de fato, tem sido um dos grandes parceiros do meu governo”.

Ministros, deputados e outros políticos foram cumprimentados, com destaque para o senador Wellington Dias (PT-PI). “Como ministra-chefe da Casa Civil do presidente Lula, eu convivi com o senador Wellington Dias, então governador, e tenho um testemunho a dar do trabalho do senador nessa questão crucial, que é fazer o Estado do Piauí se desenvolver”, declarou.

“Pessoas bonitas”
Ao falar da honra por estar em solo piauiense pela primeira vez como presidente, Dilma Rousseff usou o povo como exemplo. “Por que eu tenho a honra de estar aqui no Piauí? Porque o Piauí demonstra, e demonstra de uma forma muito forte, que o Brasil mudou. E o Brasil mudou quando a gente olha e vê as pessoas aqui do Piauí. Eu estava comentando com o governador. São pessoas bonitas”, disse, sob aplausos da plateia.

“É, são pessoas bonitas. Quando as coisas melhoram e mudam, as pessoas ficam mais saudáveis e mais alegres”, acrescentou. “O Piauí mudou também porque nós sabemos que nos últimos 10 anos tem sido feito um grande esforço pelo desenvolvimento do Nordeste e do Piauí”. Com informações do Cidade Verde

Aguarde mais informações

LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também