DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Dinheiro de assalto é achado mofado em Monsenhor Hipólito

A Polícia Civil recuperou cerca de R$ 33.800 com lacres do Banco do Brasil e do Bradesco de Picos, durante uma diligência a uma residência na zona Rural de Monsenhor Hipólito, na região de Picos. A operação buscava um suspeito que teria comprado as armas usadas para uma chacina no município de Alagoinha do Piauí em agosto de 2017. 

Ao ver os policiais, o suspeito fugiu do local de carro, mas os policiais localizaram uma caixa com a quantia, visivelmente mofada. “A nossa suspeita é que ele teria comprado a arma que foi usada na chacina, mas quando chegamos ao local ele fugiu. Na casa nós encontramos somente espingardas e uma caixa com o dinheiro que já estava completamente mofado e ainda com lacres dos bancos”, explicou o delegado Aureliano Barcelos, responsável pela investigação.

Ainda no sábado foi preso o suspeito identificado pela Polícia como João Joaquim de Carvalho, que seria um dos envolvidos na chacina. “Ainda não podemos divulgar qual o envolvimento dele no crime pois a investigação continua”, pontuou.

A arma não foi encontrada, mas a esposa do suspeito que fugiu da residência ficou no local e chegou a ser detida, mas foi liberada após pagamento de fiança. “É importante ressaltar que ele não era investigado pela chacina e sim porquê teria comprado a arma. Com o dinheiro encontrado ele agora deve ser investigado por um possível roubo a banco”, acrescenta.

O caso foi encaminhado para a delegacia de Regional de Picos, que conduzirá o inquérito junto ao Greco. 

Cidade Verde

LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também