DestaquesGeralTodas as Notícias

Diocese de Picos cancela XII Caminhada da Paz

Sem escutar a comunidade católica e nem os apoiadores, a Diocese de Picos cancelou a XII edição da Caminhada da Solidariedade e da Paz, que deveria acontecer agora em 2016. A decisão ainda não foi comunicada oficialmente à população, que todos os anos lota as ruas da cidade com o objetivo de promover a cultura da vida.

Desde a primeira edição que a Caminhada da Solidariedade e da Paz tornou-se um evento fixo da Diocese de Picos. Nos onze anos em que aconteceu, levou milhares de pessoas às ruas da cidade e promoveu diversos gestos concretos com os recursos oriundos da venda dos kits.

Dom Plínio-Foto: Romário Mendes
Dom Plínio-Foto: Romário Mendes

BANNER_TERRENOIS_SUSSUAPARA-1A Caminhada da Solidariedade e da Paz de Picos geralmente acontece entre os meses de junho e julho. No entanto, as reuniões de preparação para o evento começam logo no início do ano. Não foi o caso de 2016, já que a Diocese resolveu cancelar a edição deste ano, que seria a décima segunda.

Membros da equipe de campanhas da Diocese de Picos confidenciaram ao JP on line que o cancelamento da Caminhada da Solidariedade e da Paz se deu em razão de desentendimentos com a Coordenação do evento e também com o bispo, dom Plínio José Luz da Silva.

Procurado para se pronunciar sobre o assunto, o novo coordenador da Caminhada da Solidariedade e da Paz de Picos, Padre Sebastião Francisco dos Santos, preferiu não gravar entrevistas. Justificou, porém, que o cancelamento se deu em razão da necessidade de alguns ajustes. Dentre eles a criação de um estatuto que possa regularizar o evento.

O religioso argumentou ainda que este ano haverá na Diocese de Picos a peregrinação da imagem jubilar de Nossa Senhora Aparecida. O evento ocorrerá no período de 1º de setembro a 31 de outubro e, segundo o Padre Sebastião Santos, é intenção da coordenação realizar uma caminhada pelas ruas da cidade.

O Padre Sebastião acrescentou ainda que esteve reunido com o Padre Toni Batista, coordenador da Caminhada da Fraternidade de Teresina, para pegar algumas orientações e aprimorar o evento, que deverá voltar a ser realizado em Picos em 2017.

Objetivo

Ano passado a Caminhada da Solidariedade e da Paz de Picos tem como tema; “A paz acontece nas mãos que servem” e o lema: “Eu vim para servir”.

Segundo a organização, o objetivo da caminhada é promover a consciência de que todos devem se engajar na promoção humana e na edificação de uma sociedade justa e solidária.

Fonte: Jornal de Picos

LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também